Confederações agrícolas unem-se contra extinção das direções regionais do sector

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, AJAP, CAP, CNA e Confagri referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.

As quatro confederações da agricultura portuguesa fizeram saber que estão contra a resolução do Conselho de Ministros da última quinta-feira, 17 de novembro, que determina a transferência e partilha de atribuições das Direções Regionais de Agricultura (DRA) para as Comissões de Coordenação e Desenvolvimento Regional (CCDR).

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, a Associação dos Jovens Agricultores de Portugal (AJAP), a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP), a Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e a Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas (CONFAGRI) referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. Descreve-se ainda a medida como sendo “impensável” num contexto em que as principais organizações de agricultores são chamas a implementar o Plano Estratégico da Política Agrícola Comum (PEPAC).

No comunicado, refere-se que a medida “não foi precedida de qualquer explicação ou processo de diálogo” e representa “uma inversão completa do que deveria ser uma política pública coerente de reforço da presença e das funções do Estado nos seus órgãos técnicos especializados e descentralizados como são as DRA”. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.

De recordar que a CONFAGRI já se havia mostrado contra esta opção do Governo, assim como a CAP, através de comunicados individuais.

Recomendadas

Governo aprova Plano Estratégico para a Pequena Pesca

O Conselho de Ministros aprovou hoje o Plano Estratégico para a Pequena Pesca 2022-2030, que tem por objetivo o reforço do sector através de ações que visem a sua competitividade e melhorem as condições de trabalho dos seus profissionais.

Novo regulamento para a descarbonização do transporte marítimo já entrou em vigor

As alterações em causa, que visam a prevenção da poluição atmosférica por navios, dizem respeito ao Anexo VI da Convenção Internacional para a Prevenção da Poluição por Navio (MARPOL). Medidas entraram em vigor no dia 1 de novembro.

Expo Fish regressa a Portugal na próxima semana para promover as atividades ligadas ao mar

Está confirmada a presença de pelo menos 75 empresas, provenientes de 37 mercados internacionais. Foram solicitadas mais de 175 reuniões, segundo informa a organização em comunicado.
Comentários