Confiança em Putin está no nível mais baixo em vinte anos

Confiança em presidente russo está em mínimos históricos.

epa09910064 Russian President Vladimir Putin meets with Russian Olympic and Paralympic athletes during a state awards ceremony for Russian medal winners of the Beijing 2022 Olympic Winter Games at the Kremlin in Moscow, Russia, 26 April 2022. EPA/YURI KOCHETKOV

Um estudo do Pew Research Center revela que a confiança política em Vladimir Putin caiu drasticamente nos últimos tempos, com 90% dos inquiridos a deixarem claro que confiam pouco no seu presidente, segundo o “Business Insider”.

Os dados em questão, que foram recolhidos entre fevereiro a maio, dizem respeito a questões sobre a Rússia, NATO e Putin.

No total, 23.484 adultos de 18 países, entre os EUA, Canadá, Espanha, Israel, Japão, e Austrália, foram consultados pelo Pew Research Center.

De acordo com o mesmo estudo, 78% das pessoas consultadas afirmou não ter qualquer confiança em que Putin irá lidar com os assuntos mundiais de forma responsável.

“Nas últimas duas décadas, as classificações de Putin têm vindo a baixar em muitos países”, referem os investigadores responsáveis pelo estudo, acrescentando que, este ano, “estes números atingiram mínimos históricos em todas as nações onde as tendências estão disponíveis, com declínios de dois dígitos na maioria desde o último ano do inquérito”.

De acordo com o “Insider”, a Malásia foi o único país a inverter a tendência, sendo que 59% dos seus inquiridos expressaram pelo menos alguma ou muita confiança em Putin.

Nos EUA, apenas 6% disseram confiar no líder russo para agir corretamente na cena política global.

Na Europa, a Grécia foi o país que exprimiu uma atitude mais positiva em relação a Putin, com 27% dos inquiridos a aprovar as suas ações .

Já a Polónia é o país europeu com mais opiniões desfavoráveis: 91%.

Apesar de o inquérito não ter incluído questões sobre a guerra na Ucrânia, o centro disse que a maioria das entrevistas foi conduzida após a invasão russa da Ucrânia ter começado.

Assim, de acordo com os especialistas, os resultados mostram como a guerra moldou a opinião pública.

Segundo o ‘think tank’ norte-americano, os europeus que apoiam os partidos populistas de direita do seu país tendem a favorecer Putin, não obstante a confiança no líder do Kremlin ter caído drasticamente entre estes grupos desde o ano passado.

Em 2021, o inquérito da Pew sobre o líder russo revelava que 74% das pessoas de 17 países não tinham muita confiança em Putin no que diz respeito à atuação na cena política global.

Recomendadas

Bruxelas prepara plano de emergência para precaver corte total de gás russo (com áudio)

A presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, anunciou hoje perante o Parlamento Europeu que o seu executivo vai apresentar este mês um plano de emergência europeu para precaver um eventual corte total de fornecimento de gás russo.

Modelo, atriz e sniper. Quem era a brasileira que perdeu a vida na Ucrânia?

Thalita do Valle, de 39 anos, lutava ao lado das forças ucranianas em Kharkiv. A cidade foi atacada e a mulher não resistiu.

Erdogan vai “intensificar” negociações para garantir exportação de cereais da Ucrânia

O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, disse esta terça-feira que pretende “intensificar” as negociações com Rússia e Ucrânia para garantir um acordo sobre o plano da ONU para a exportação de cereais ucranianos para o mercado mundial.
Comentários