Confiança no turismo residencial do Algarve de novo em alta

Em três meses, as 87 unidades do Pine Cliffs Gardens, a última fase do Pine Cliffs Resort, foram todas vendidas ainda em planta.

Foi no final de julho deste ano que o Pine Cliffs, a Luxury Collection Resort, propriedade da United Investments Portugal (UIP), lançou o seu mais recente projeto imobiliário: o Pine Cliffs Gardens. Este empreedimento, cujas obras tiveram início em abril de 2017, marca a última fase do desenvolvimento do resort e foi comercializado, na totalidade ainda em planta, num tempo recorde de aproximadamente três meses. A conclusão do projeto está prevista para julho de 2018.

Para Carlos Leal, diretor geral da UIP, este êxito na comercialização das 87 unidades do Gardens deve-se, acima de tudo, à confiança. “Este projeto, em particular, está a ser desenvolvido numa das áreas mais especiais do resort, rodeado de jardins e pinheiros, junto dos quais vai nascer mais uma área comum de lazer que inclui piscina e respetivo apoio”, explica.

E não se deve apenas ao facto de Portugal estar na moda. O responsável considera que a localização muito especial do projeto, junto à Praia da Falésia, um dos locais mais bonitos do sul do país, contribuiu para o sucesso de vendas. “Contudo, o facto de Portugal ser cada vez mais reconhecido como um destino turístico de referência também é importante, sem dúvida”.

Carlos Leal acrescenta que são vários os fatores de sucesso, pois conjugam o Algarve como destino de excelência com o facto da United Investments Portugal apostar em propriedades de luxo diferenciadas, que possibilitam aos proprietários aceder não só ao imobiliário, mas também ao estilo de vida proporcionado pelo Pine Cliffs, integrado na marca Luxury Collection Resort.

O diretor geral da UIP adianta mesmo que o Algarve tornou-se referência nacional e internacional no que diz respeito à praia, à gastronomia e à prática de golfe, e que a qualidade da oferta que foi surgindo nos últimos anos em muito contribuiu para isso. “Apostamos fortemente nesta área e, de ano para ano, o Pine Cliffs Resort tem registado um crescimento no que respeita ao número de rondas de golfe”, admite.

A United Investments Portugal fez igualmente uma aposta importante no segmento de well-being – o turismo de bem-estar e saúde é uma tendência para os próximos 20 anos, num investimento de cerca de quatro milhões de euros, que lhes permite neste momento ter um dos maiores e melhores SPA em Portugal: o Serenity, The Art of Well Being.

A comunidade britânica é o principal mercado do Pine Cliffs Resort, seguido pelo mercado nacional, mas outros mercados emergentes no Algarve, como o francês, têm vindo a crescer nos últimos anos. “Vemos este dinamismo de uma forma muito positiva e estamos a apostar no crescimento imobiliário através de produtos diferenciados no segmento de luxo”, explica o responsável.

Este ano, o Pine Cliffs Resort comemorou seu 25º aniversário e após um investimento de vários milhões na renovação do Pine cliffs Hotel e na construção das Pine Cliffs Ocean Suites & Spa – cujas vendas foram um recorde no Algarve e mais de 80% em planta –, “o Pine Cliffs Gardens reforça o nosso posicionamento distintivo e como um dos líderes de mercado na Europa dentro da indústria de turismo imobiliário e de lazer. Vamos manter essa aposta e esperamos em breve ter outros projetos para avançar e investir”, conclui Carlos Leal.

De recordar que a United Investments Portugal é membro do consórcio IFA Hotels & Resorts e o nome de suporte ao Pine Cliffs Resort, Sheraton Cascais Resort e da mais recente marca de Wellness e Spa, Serenity – The Art of Well Being. A UIP tem participação na cadeia hoteleira YOTEL, de forma maioritária no YOTEL Nova Iorque, e celebra uma joint-venture da qual é sócio maioritário com a Bespoke Hotels para Portugal e Espanha. O Pine Cliffs Resort, enquanto desenvolvimento emblemático, tem servido de referência para todos os projetos IFA Hotels & Resorts.

Recomendadas

Câmara da Lourinhã vai apoiar pagamento de rendas para fins habitacionais

A câmara da Lourinhã vai apoiar as famílias no pagamento de rendas para habitação, tendo a assembleia municipal aprovado na noite de sexta-feira um regulamento nesse sentido.

Preço médio das casas do Canadá vai custar perto de 500 mil euros até ao fim de 2023

Aumento das taxas de juro acima do previsto pelo Banco do Canadá estão a fazer com que os custos com a habitação consumam 60% das finanças das famílias, o valor mais elevado desde 1990.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários