PremiumConheça as novidades que vão pesar na sua carteira em 2020 

Da eletricidade às telecomunicações, são muitos os bens que podem ficar mais caros em 2020. Saiba com o que pode contar no novo ano.

Com o novo ano chegam também as mudanças nos preços, no salários, nas rendas ou nos impostos.

Os salários mínimos nacionais vão ser alvo de um aumento para os 635 euros, que o Governo de António Costa espera que alcance 720 mil trabalhadores. O desenvolvimento normal das carreiras na Função Pública também será retomado, no que diz respeito a mudanças de posicionamento remuneratório, bem como progressões e mudanças de nível ou escalões.

Já no IRS os escalões foram atualizados para um valor abaixo da taxa de inflação prevista para o próximo ano.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues é o novo presidente da Comissão de Normalização Contabilística

A decisão foi tomada em Conselho de ministros e publicada hoje, sexta-feira, no Diário da República, informou o Ministério das Finanças em comunicado.

PremiumSão poucos os contribuintes que pagam metade dos rendimentos em IRS

Dados do Ministério das Finanças mostram que menos de 0,01% dos contribuintes pagam IRS acima de 45%. Fiscalistas alertam, ainda assim, que taxas são “confiscatórias”, desincentivam o trabalho e podem promover emigração.

OE2023. Comissão Europeia pede orçamento português “coerente” com prudência orçamental

A Comissão Europeia instou hoje o Governo português a “tomar as medidas necessárias” para que o Orçamento do Estado para 2023 (OE2023) seja “coerente” com prudência orçamental, alertando para “riscos” no défice e dívida por apoios às famílias.
Comentários