Conheça os bancos que aderiram às transferências interbancárias imediatas

O sistema de transferências imediatas do Banco de Portugal permite a realização de transferências interbancárias, no tempo máximo de 10 segundos, a qualquer hora e todos os dias, até ao limite de 15 mil euros por operação. Saiba onde encontrá-lo.

Desde meados de setembro que já é possível transferir dinheiro para uma conta de outro banco e o mesmo ficar disponível em poucos segundos. O sistema de transferências imediatas do Banco de Portugal permite a realização de transferências interbancárias, no tempo máximo de 10 segundos, a qualquer hora e todos os dias, até ao limite de 15 mil euros por operação.

Esta nova funcionalidade vem compor o sistema de transferências interbancárias disponibilizado atualmente nas caixas automáticas e no homebanking, em que uma operação deste género permite a transferência de fundos no dia útil seguinte. Este sistema permite aos titulares de contas nos bancos aderentes fazerem transferências para qualquer instituição bancária dentro do espaço europeu SEPA (num total de 34 países).

A associação de defesa dos direitos dos consumidores (Deco) esteve a analisar 18 instituições bancárias, mas apenas 7 disponibilizam o serviço para quem utiliza a Internet. São elas o Banco BPI, Bankinter, Crédito Agrícola, Millennium BCP, Montepio, Novo Banco e Santander. O BBVA também tem a funcionalidade disponível, mas só ao balcão.

Esta função tem, no entanto, um custo associado. Com exceção do Bankinter e do Crédito Agrícola, todos os bancos cobram mais por este tipo de transferência do que por uma transferência normal feita no site do banco. Uma transferência imediata custa entre 0,52 euros (Bankinter) e 2,60 euros (Novo Banco) por operação. Caso tenha conta no Novo Banco, o custo baixa para 1,61 euros. Em média, uma transferência imediata custa 1,77 euros enquanto as tradicionais custam 1 euro.

[Notícia corrigida a 3 de janeiro: O Crédito Agrícola, tal como o Bankinter, também não cobra mais por este tipo de transferência]

Recomendadas

Morgan Stanley avança com corte de 1.600 empregos

A redução de quadros, dada em primeira-mão pela “CNBC”, afetou cerca de 1.600 dos 81.567 empregados da instituição financeira e tocou a quase todos os cantos do banco de investimento global. O banco está a seguir os seus concorrentes no restabelecimento de um ritual suspenso durante a pandemia: a saída anual de pessoas com fraco desempenho.

BPI Gestão de Ativos pontua em indicador de investimento das Nações Unidas

A organização Princípios para o Investimento Responsável atribuiu à gestora a classificação de cinco estrelas em Investimento e Política de Envolvimento.

Haitong faz aumento de capital de 15,9 milhões para converter DTA

Em consequência, o capital social do banco de investimento passa a ser no montante de 863,3 milhões de euros.
Comentários