Conheça os grandes números do Orçamento Regional da Madeira

Orçamento Regional da Madeira para 2021 tem receitas e despesas de 2.033 milhões de euros. Os assuntos económicos, Saúde e Educação, e ainda os serviços gerais das Administrações Públicas concentram 1,7 mil milhões de euros de despesa. Impostos indiretos justificam 558 milhões de euros de receita.

O Orçamento Regional da Madeira, para 2021, começa a ser discutido a 15 de dezembro na Assembleia Legislativa. Conheça quais são os grandes números do Orçamento, apresentado pelo governo de coligação PSD/CDS-PP.

Receitas

Valor dos impostos indiretos representam 27% da receita orçamentada pelo executivo madeirense.

2.033 milhões de euros – valor global das receitas

269 milhões de euros – valor dos impostos diretos

558 milhões de euros – valor dos impostos indiretos

1,1 mil milhões – total das receitas correntes

1,7 mil milhões de euros – total das receitas correntes e de capital

Despesas

Entre assuntos económicos, saúde e educação, e ainda serviços gerais das administrações públicas estão 1,7 mil milhões de euros de despesa.

2.033 milhões de euros – valor global das despesas

505 milhões de euros – despesa para assuntos económicos

213 milhões de euros – valor alocado para os transportes

433 milhões de euros – transferências para a saúde

376 milhões de euros – valor transferido para a educação

465 milhões de euros – despesa orçamentada peara serviços gerais das Administrações Públicas

313 milhões de euros – despesa ligada à dívida pública

Secretarias do Governo Regional

A vice-presidência e três secretarias do executivo regional concentram 1,6 mil milhões de euros, de uma despesa global de 2.033 milhões de euros.

531 milhões de euros – despesa da vice-presidência do Governo da Madeira, valor mais elevado dos organismos do executivo regional

408 milhões de euros – valor transferido para a Secretaria Regional da Educação, Ciência e Tecnologia

438 milhões de euros – despesa orçamentada para a Secretaria Regional da Saúde e Proteção Covil

280 milhões de euros – valor alocado para a Secretaria Regional dos dos Equipamentos e Infraestruturas

IRS

rendimentos coletáveis até 7.112 euros – taxa normal 10,15% taxa média 10,150%

rendimentos coletáveis até  7.112 e 10.732 euros – taxa normal  16,10% taxa média 12,157%

rendimentos coletáveis até 10.732 até 20.322 euros – taxa normal 24,51% taxa média 17,986

rendimentos coletáveis até 20.322 até 25.075 euros – taxa normal 32,55% taxa média 20,747%

rendimentos coletáveis até 25.075 até 36.967 euros – taxa normal 34,78% taxa média 25,261%

rendimentos coletáveis até 36.967 até 80.882 euros – taxa normal 44,78% taxa média 35,859%

rendimentos coletáveis superiores a 80.882 euros – taxa normal 48%

IRC

taxa – 14,7%

primeiros 25 mil euros – aplicada taxa de 11,9%

Derrama

Rendimento tributável de mais 1,5 até 7,5 milhões de euros – 2,1%

Rendimento tributável de mais 7,5 até 35 milhões de euros – 3,5%

Superior a 7,5 e até 35 milhões de euros, aplicam-se três taxas – uma igual a seis milhões de euros com taxa de 2,1%, e outra igual ao lucro tributável que exceda 7,5 milhões de euros aplica taxa de 3,5%

Quando superior a 35 milhões de euros aplica-se três taxas – uma igual a seis milhões de euros com taxa de 2,1%, e outra igual a 27,5 milhões de euros que se aplica taxa de 3,5%, e outra igual ao lucro tributável que exceda 35 milhões de euros que se aplica taxa de 6,3%.

Verbas para Autarquias Locais

73,5 milhões de euros – valor transferido para as autarquias da Madeira

13 milhões de euros – Funchal

7,5 milhões de euros – Calheta

9,4 milhões de euros – Câmara de Lobos

7,4 milhões de euros – Machico

4,7 milhões de euros – Ponta do Sol

4,6 milhões de euros – Porto Moniz

1,8 milões de euros – Porto Santo

5,9 milhões de euros – Ribeira Brava

6,5 milhões de euros – Santa Cruz

6,9 milhões de euros – Santana

5,3 milhões de euros – São Vicente

Relacionadas

Assuntos económicos absorvem 505 milhões de euros do Orçamento Regional da Madeira

Só os transportes vão levar 213 milhões de euros. a saúde tem uma verba de 433 milhões de euros, a educação tem alocado 376 milhões de euros, e os serviços geral das administrações públicas têm uma despesa orçamentada em 465 milhões de euros.

Orçamento da Madeira atinge dois mil milhões de euros

Está previsto um encaixe de receitas por via dos impostos diretos diversos de 269 milhões de euros, enquanto que a rubrica de impostos indiretos diversos chega aos 558 milhões de euros. Entre receitas correntes e de capital o valor atinge 1,7 mil milhões de euros.

Vice-presidência concentra 26% da despesa do Orçamento Regional da Madeira

A vice-presidência tem uma despesa de 531 milhões de euros, seguida pela Saúde e Proteção Civil com 438 milhões de euros e a Educação, Ciência e Tecnologia com 408 milhões de euros.
Recomendadas

Hoje é celebrado o Dia Internacional da Consciencialização sobre Perdas e Desperdício Alimentar

Na Europa, todos os anos, cerca de 89 milhões de toneladas de alimentos são deitados ao lixo. Em Portugal, estima-se que cada português desperdice cerca de 134 kg de alimentos por ano. Enquanto isto 1/6 da população mundial passa fome.

Madeira: Serviço Regional de Saúde visita Unidade de Ação Social do Hospital Garcia da Orta

A Unidade de Ação Social do SESARAM observou e conheceu a dinâmica e a metodologia de trabalho implementada na UHD do hospital e, em particular, a área de intervenção social.

Madeira: Acordos de gestão entre a Segurança Social e as IPSS vão passar para 20 anos

Neste sentido, com a presente alteração pretende-se adequar a duração dos acordos de gestão que envolvam a cedência de utilização do edificado em regime de comodato, onde sejam desenvolvidas respostas sociais, numa lógica de melhor aproveitamento dos recursos disponíveis.
Comentários