Conselho de Ministros aprovou pacote de medidas de poupança energética

Segundo o ministro do Ambiente, o Executivo de António Costa pretende reforçar a capacidade de armazenamento com investimento para aumentar a capacidade de armazenamento do país.

O primeiro-ministro, António Costa, preside à primeira reunião do Conselho de Ministros do XXIII Governo, no Palácio da Ajuda, em Lisboa, 31 de março de 2022. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

O Conselho de Ministros aprovou hoje um pacote de medidas de poupança energética, numa estratégia que abrange garantias de segurança de abastecimento de gás, promoção da eficiência e poupança energética, anunciou Mariana Vieira da Silva esta tarde, numa conferência de imprensa conjunta com as pastas do Ambiente e Saúde.

Segundo o ministro do Ambiente e Ação Climática, Duarte Cordeiro, a estratégia delineada pelo Executivo de António Costa visa reforçar a capacidade de armazenamento com investimento para aumentar a capacidade de armazenamento do país.

O Governo aprovou ainda um “conjunto de investimentos para serem realizados pela REN no porto de Sines, para reforçar a capacidade de o país expelir gás”, adiantou o ministro do Ambiente.

“Quanto ao plano de poupança de 2022/23, temos como objetivo enquadrar um conjunto de medidas que já estavam a ser implementadas, acrescentando novas medidas”, continuou o titular da pasta do Ambiente.

Duarte Cordeiro insistiu na importância da “redução do consumo de energia que não é essencial”, em linha com o que tem vindo a ser feito na generalidade dos países europeus, não “devendo prejudicar o funcionamento e atividades das empresas”, afirmando que existe uma larga “margem para poupar”.

Quanto à possibilidade de redução de horários, o governante adiantou que, para já, não estão previstas medidas nesse sentido, recordando que, para a Função Pública, foi determinado desligar a energia dos edifícios num determinado período, bem como a regulação das temperaturas de climatização interior, que classifica como “medidas simples e intuitivas. ”

[Notícia atualizada às 16h15]

Recomendadas

Inflação. Centeno aponta para preços mais altos e menos temporários que esperado

O governador do Banco de Portugal (BdP), Mário Centeno, admitiu hoje que a inflação vai ser mais elevada e menos temporária, apontando para uma revisão em alta da taxa nas próximas projeções do banco central.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

Metade do tráfego aéreo nacional está fora de Lisboa, lembra Secretária de Estado do Turismo

A secretária de Estado do Turismo pediu aos empresários que não baixem braços enquanto continua a discussão em torno do novo aeroporto para a capital, elogiando ainda o trabalho de angariação de rotas que foi feito durante a pandemia pelo Turismo de Portugal.
Comentários