Conselho Europeu: Costa propôs que vacinação arrancasse simultaneamente na primeira semana de janeiro

O primeiro-ministro português assegurou que “o esquema de distribuição está devidamente articulado”, pelo que os líderes europeus irão coordenar-se “para tentarmos fazer todos no mesmo dia” o início do processo.

Olivier Matthys/EPA via Lusa/POOL

O primeiro-ministro, António Costa, propôs ao Conselho Europeu que o processo de vacinação à escala europeia arrancasse na primeira semana de janeiro de forma simultânea, sustentado ser a melhor estratégia para alcançar a imunidade de grupo de forma coordenada.

“Se fixarmos para a primeira semana de janeiro o arranque da operação de vacinação à escala europeia, acho que seria uma boa meta com que todos nos devíamos comprometer”, disse o chefe do Executivo, esta sexta-feira em declarações aos jornalistas, após o final do Conselho Europeu.

Questionado sobre uma notícia avançada pelo Político de que teria proposta aos líderes europeus como data de início 8 de janeiro, António Costa disse ter sugerido “efetivamente que pudéssemos tentar coordenar o esforço para que arrancássemos todos no mesmo dia com o processo de vacinação”.

“Para termos imunidade de grupo à escala da união europeia não basta que um país alcance essa imunidade de grupo. É um esforço que tem que ser realizado simultaneamente em todos os Estados e a melhor forma de todos os fazerem de forma coordenada é poderem arrancar todos ao mesmo tempo”, acrescentou.

O primeiro-ministro português assegurou que “o esquema de distribuição está devidamente articulado”, pelo que “vamos coordenar para tentarmos fazer todos no mesmo dia”.

Recomendadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quarta-feira.

Nordstream. Governo condena sabotagem e considera que UE está “sob ataque”

O secretário de Estado dos Assuntos Europeus considerou hoje que a União Europeia (UE) está sob ataque, numa alusão à sabotagem das condutas do Nordstream I e II, e elogiou a atuação da presidente da Comissão.

Governo propõe atualização regular de escalões do IRS no âmbito do acordo de rendimentos

A proposta sobre o acordo de rendimentos, salários e competitividade que o Governo leva hoje para a Concertação Social prevê a atualização regular dos escalões de rendimento do IRS visando a neutralidade fiscal das atualizações salariais.
Comentários