Consórcio da EDP e Reganosa arrecada 24 milhões de euros para projeto de hidrogénio verde na Galiza

A região espanhola anunciou que irá atribuir 32 milhões de euros de fundos comunitários a projetos de hidrogénio verde. Deste montante, a maior parte vai para o consórcio entre a energética portuguesa e a galega. A Reganosa e a EDP estimam um investimento necessário de 156 milhões de euros.

O delegado do governo espanhol na Galiza, José Miñones, anunciou na quarta-feira que a região vai investir 32 milhões de euros de fundos comunitários em projetos de hidrogénio verde. A maior fatia deste valor – 24 milhões – será atribuído ao projeto na localidade de As Pontes, fruto do consórcio entre a EDP e a empresa galega Reganosa.

Este é o primeiro projeto considerado de “interesse estratégico” pela região, já que segundo as duas empresas deverá criar 60 novos postos de trabalho diretos e outros 2.500 indiretos.

A EDP e a Reganosa estimam que será necessário investir 156 milhões de euros no projeto, que numa fase inicial terá 20 megawatts de potência. Quando concluído, deverá chegar aos 100 megawatts.

Do restante valor, 5,2 milhões de euros vão para o projeto Green Umia, uma central de metanol verde projetada pela Iberdrola e pela Foresa. Outros 2,5 milhões estão destinados a outra empreitada em Porto de Vigo.

Em declarações ao jornal espanhol ‘Economia Digital’, Miñones destacou as empresas envolvidas nestes projetos “pelo excelente trabalho e visão de futuro” e sublinhou que as centrais serão “estratégicas” para a região.

“É mais um exemplo de que o governo de Espanha e o presidente Pedro Sánchez acreditam no presente e no futuro destas regiões”, diz o delegado do governo. “Nós demonstramos isso não só com palavras, mas com ações, como este investimento importante”.

Recomendadas

Investimento na floresta com evolução positiva mas insuficiente

O investimento na floresta teve em 2021 uma evolução “ligeiramente positiva” mas insuficiente para alcançar as metas definidas para o setor, indica um barómetro divulgado pelas associações Zero e Centro Pinus.

‘Metrobus’ do Porto: obras arrancam durante a semana

O projeto do ‘metrobus’ do Porto, entre a Rotunda da Boavista e a Praça do Império, vai ser apresentado na segunda-feira, devendo as obras começar ainda durante a próxima semana.

Stanton Chase Portugal reforça com novo diretor executivo

José Bancaleiro, sócio fundador, que desempenhava a função agora ocupada por Nuno Moreira, mantém-se na empresa de executive search como partner e presidente.
Comentários