Construção civil em Cabo Verde volta a crescer após quebra histórica

A produção naquele sector situou-se neste período em 114,8 pontos, o que representa ainda um crescimento de 66,3% face ao trimestre anterior, além do aumento de 3,5% comparativamente ao mesmo trimestre de 2019.

O índice de produção na construção civil em Cabo Verde recuperou no terceiro trimestre, crescendo 3,5% em termos homólogos, após a queda histórica de 36,5% no segundo trimestre, indicam dados divulgados esta terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

De acordo com o boletim referente ao terceiro trimestre de 2020 do Índice de Produção na Construção Civil do INE, a produção naquele setor situou-se neste período em 114,8 pontos, o que representa ainda um crescimento de 66,3% face ao trimestre anterior, além do aumento de 3,5% comparativamente ao mesmo trimestre de 2019.

Segundo o INE, esta variação “foi influenciada essencialmente” pelo aumento de materiais de instalação e canalização sanitária (5,6%), de materiais de base (11,2%) e de outros materiais de construção (23,7%).

“Importa realçar que o contributo dos materiais de base foi mais determinante na variação global do índice da produção de construção civil em decorrência do seu peso na construção civil”, destaca o boletim.

De acordo com dados anteriores do INE, o índice de produção na construção civil em Cabo Verde sofreu uma queda histórica de 36,5% no segundo trimestre deste ano, em termos homólogos e no período de maiores restrições devido à pandemia de covid-19, para 69,1 pontos, o que comparava ainda com os 103,4 pontos do primeiro trimestre (-33,2%).

Desde o terceiro trimestre de 2017 que este índice registava crescimentos trimestrais consecutivos até então, segundo o histórico do indicador do INE. Contudo, o crescimento no primeiro trimestre de 2020 já tinha sido o segundo mais reduzido, depois dos 3,5% registados no terceiro trimestre de 2018, com os primeiros efeitos da pandemia de covid-19.

O arquipélago decretou o estado de emergência, para conter a pandemia, em abril e maio, com medidas de confinamento da população e limitação da atividade laboral, tendo iniciado um desconfinamento progressivo em junho.

Recomendadas

Cabo Verde vai alargar pensão social a três mil idosos sem rendimentos

Atualmente, o regime de pensão social em Cabo Verde, no valor de 6.000 escudos mensais (55 euros), abrange 22.680 pensionistas, representando um encargo total anual para o Estado de quase 1.633 milhões de escudos (14,7 milhões de euros).

Cabo Verde. Governo prepara Orçamento a prever crescimento até 5% em 2023

“O ano 2023 vai ser ainda mais desafiante, além de ser muito incerto. Não obstante, temos de criar as condições que possam garantir que a economia cresça entre 4 a 5%, e continuarmos a proteger os rendimentos das famílias, proteger as empresas e os empregos”, disse Olavo Correia, que é também ministro das Finanças, antecipando a reunião do Conselho de Concertação Social, hoje, em que vai apresentar e debater a proposta de Orçamento do Estado de 2023.

CPLP e comunidade da África Central negoceiam cooperação política e de formação em português

A Comunidade Económica dos Estados da África Central e a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) discutiram hoje formas de cooperação no domínio político, desenvolvimento da língua portuguesa e comissões de observação eleitoral, referiram responsáveis das organizações.
Comentários