Construção e habitação sustentável. Veja a webconference do JE

Para este debate, contamos com a presença de Nuno Garcia, diretor-geral da GesConsult; Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group; Fernando Vasco Costa, diretor-geral da Nexity Portugal; Manuel Pinheiro, professor do Instituto Superior Técnico e Vitor Moure, country manager da Schneider Portugal.

Os sectores da construção e do imobiliário têm seguido um caminho de crescimento sustentado, nos últimos anos, que nem a pandemia de Covid-19 conseguiu ensombrar, mas que alterou o enquadramento em que funciona o mercado.

Foram acelerados processos de digitalização, a tecnologia passou a ter um papel mais preponderante, e consolidaram-se tendências que vão ser determinantes no pós-pandemia.

Uma tendência marcante é a da sustentabilidade, especialmente num quadro de “emergência climática” e de objetivos ambiciosos para a descarbonização em Portugal e na Europa, o que terá reflexos em todos os segmentos da fileira do imobiliário.

Nesta webconference, em parceria com a Schneider Electric, iremos analisar a situação do mercado, o papel que a tecnologia está já a desempenhar, a evolução da preocupação com a sustentabilidade e procuraremos saber quais são as expectativas para o futuro.

Para este debate, contamos com a presença de Nuno Garcia, diretor-geral da GesConsult; Gilberto Jordan, CEO do André Jordan Group; Fernando Vasco Costa, diretor-geral da Nexity Portugal; Manuel Pinheiro, professor do Instituto Superior Técnico e Vitor Moure, country manager da Schneider Electric Portugal.

Recomendadas

Receitas das estações de serviço na Ibéria cresceram 29% em 2021 devido à subida dos preços

De acordo com a análise que a Informa D&B realizou a este setor, em 2021 o mercado ibérico registou um aumento significativo de 10,6% face a 2020 no volume das vendas de gasolina e gasóleo, que corresponde a 38,30 milhões de toneladas de combustível.

Dona da Betano celebra primeiro ano da TechHub de Lisboa com reforço das equipas

O Tech Hub da Kaizen Gaming em Lisboa já emprega trinta pessoas e o objetivo passa por continuar a crescer no mercado português. Nesse sentido, serão abertas vagas para diversas funções.

PremiumFintech House muda de sede para duplicar número de startups

‘Joint venture’ da associação Portugal Fintech e da rede de espaços de trabalhos partilhados Sitio investiu perto de um milhão de euros na mudança do edíficio na Praça da Alegria para o da Avenida Duque de Loulé, com dez pisos e mais de 2 mil metros quadrados.
Comentários