Consumo de gás natural recua 5,7% em novembro

“No mercado de gás natural, a tendência de redução de consumo manteve-se este mês [novembro], com uma taxa homóloga negativa de 5,7%, com uma quebra marginal de 0,7% no segmento de produção de energia elétrica e um recuo de 9,6% no segmento convencional”, indicou a gestora dos sistemas nacionais elétrico e de gás natural.

Reuters

O consumo de gás natural manteve a tendência de redução em novembro, recuando 5,7%, face ao mesmo mês do ano anterior, segundo dados da REN – Redes Energéticas Nacionais, hoje divulgados.

“No mercado de gás natural, a tendência de redução de consumo manteve-se este mês [novembro], com uma taxa homóloga negativa de 5,7%, com uma quebra marginal de 0,7% no segmento de produção de energia elétrica e um recuo de 9,6% no segmento convencional”, indicou a gestora dos sistemas nacionais elétrico e de gás natural.

Já o saldo de trocas com Espanha, através de gasoduto, voltou a ser exportador, no mês em análise, equivalendo a 1,3% do consumo nacional.

No acumulado de janeiro a novembro, o consumo de gás natural registou uma diminuição de 2%, com uma quebra de 19% no segmento convencional e um aumento de 30% no segmento de produção de energia elétrica, que registou no acumulado do ano até novembro o valor mais alto de sempre, apontou a REN.

Recomendadas

Ligações ferroviárias de Lisboa a Corunha e Madrid entre projetos apoiados pela UE

O executivo comunitário anunciou hoje que escolheu 10 projetos-piloto que apoiará para estabelecer novos serviços ferroviários ou melhorar os já existentes, apontando que, no seu conjunto, “irão melhorar as ligações ferroviárias transfronteiriças em toda a União Europeia, tornando-as mais rápidas, mais frequentes e mais acessíveis”.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta terça-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta terça-feira.

“Temos o melhor pipeline de sempre em oportunidades de negócio”, salienta CEO da Webhelp Portugal

O crescimento desta empresa que proporciona serviços de apoio ao cliente, permite aumentar o investimento e criar ainda mais postos de trabalho, de acordo com Carlos Moreira, o administrador da Webhelp em Portugal, no podcast “JE Entrevista”.
Comentários