Cooltra financia-se em 25 milhões para chegar a mais cidades na Europa

A empresa de aluguer de motas e bicicletas recebeu um financiamento dos atuais acionistas, entre os quais estão as sociedades espanholas Suma Capital e Finaves. “Temos planos ambiciosos para os próximos anos”, admitiu esta terça-feira o CEO, Timo Buetefisch.

A empresa de aluguer de motas e bicicletas Cooltra recebeu um novo financiamento, de 25 milhões de euros, para expandir o seu negócio de mobilidade urbana na Europa. A operadora de Barcelona financiou-se junto dos atuais investidores, entre os quais se encontram as sociedades de capital de risco espanholas Suma Capital e Finaves, e elevou o total angariado desde 2006 para mais de 130 milhões de euros.

“Temos planos ambiciosos para os próximos anos. Esta nova injeção de capital é fruto da confiança que os acionistas e os bancos têm na empresa e permite-nos ganhar força para dar o salto para novos mercados europeus estratégicos, ampliando e eletrificando a nossa frota de veículos, e oferecendo novos serviços inovadores que melhorem o dia-a-dia dos nossos utilizadores e clientes”, afirmou o fundador e CEO de Cooltra, Timo Buetefisch, em comunicado divulgado esta terça-feira.

O alargamento da operação a mais cidades da Europa acontecerá já nos próximos meses, nomeadamente com a entrada em Hanover. O mercado alemão é recente para a Cooltra, mas será para consolidar, sobretudo em termos de serviço para empresas (business), como aquele que tem atualmente em Colónia, Hamburgo e Frankfurt.

“A grande tradição que a Alemanha tem nas deslocações em bicicleta permite-nos projetar um grande crescimento no segmento das e-bikes, sendo o veículo que, até agora, é mais procurado pelos nossos clientes alemães”, explica Timo Buetefisch, na mesma nota enviada aos meios de comunicação social.

No ano passado, a empresa com sede em Barcelona teve uma faturação de 31,7 milhões de euros, o que representou um crescimento de 44% em relação a 2020. A previsão do grupo – que tem hoje 400 trabalhadores – é que este ano se ultrapassem os 45 milhões de euros em receita e a margem de EBITDA seja recordista: além de positiva, de dois dígitos.

A Cooltra possui uma frota de mais de 19 mil veículos, entre motos e bicicletas (dos quais 75% são elétricos), disponíveis em 50 pontos de aluguer localizados em 20 cidades de oito países europeus.

Recomendadas

Bancos sujeitos a coimas até 1,5 milhões se não aplicarem diploma do Governo para crédito à habitação

Está já em vigor, a partir deste sábado, o diploma que estabelece medidas destinadas a mitigar os efeitos do incremento dos indexantes de referência de contratos de crédito para aquisição ou construção de habitação própria permanente. Bancos têm 45 dias a partir de hoje para aplicar as medidas.

Ministra da Justiça diz que é preciso melhorar condições dos processos de recuperação de empresas

“A melhoria das condições de processos de recuperação [de empresas], sobretudo em períodos de insolvência e de dúvida, como o que atravessamos, é um desafio, mas um desafio que temos de concretizar”, afirmou Catarina Sarmento e Castro.

Restaurantes da AHRESP vão assegurar alimentação dos peregrinos da Jornada Mundial da Juventude

A AHRESP vai apoiar a Fundação na “definição das regras de funcionamento da rede de restaurantes e similares que irão assegurar o fornecimento de refeições para os participantes da Jornada Mundial da Juventude e contactar restaurantes e similares para promover a sua adesão à rede, bem como promover o uso do Guia de Boas Práticas da Restauração e Bebidas junto da rede”, lê-se no comunicado.  
Comentários