Cooperativas de Produtores de Leite contra fim das Direções Regionais de Agricultura

Em comunicado, condena-se a “extinção das funções efetivas das Direções Regionais de Agricultura, com prejuízos irreparáveis na atividade dos Agricultores e das suas Cooperativas”.

As Cooperativas de Produtores de Leite desaprovam a transferência das competências das Direções Regionais de Agricultura (DRA) para a esfera das Comissões De Coordenação e Desenvolvimento Regionais (CCDR). De acordo com a Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite (FENALAC), a decisão causa perdas significativas no sector agrícola.

Em comunicado, a federação faz saber que, em Assembleia Geral reunida na última segunda-feira, aprovou por unanimidade um Voto de Desaprovação acerca desta decisão do Governo.

“Esta decisão representa, na prática, a extinção das funções efetivas das Direções Regionais de Agricultura, com prejuízos irreparáveis na atividade dos Agricultores e das suas Cooperativas”, já que o sector precisa de serviços públicos que sejam “eficazes”, de forma a mostrarem capacidade para “satisfazer as necessidades” do mesmo.

No mesmo documento, destaca-se o papel da agricultura na “melhoria dos índices económicos do país” ao longo dos últimos anos e garante-se que o sector foi “exemplar” na tarefa de disponibilizar alimentos durante a pandemia da Covid-19.

A FENALAC remeteu uma carta ao primeiro-ministro, António Costa, dando conta das suas preocupações e apela à intervenção do chefe de Governo devido àquilo que considera “um fator efetivo de perda de competitividade da agricultura”.

Relacionadas

Confederações agrícolas unem-se contra extinção das direções regionais do sector

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, AJAP, CAP, CNA e Confagri referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.
Recomendadas

Parlamento aprova audição da ministra da Agricultura

O parlamento aprovou hoje a audição da ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, depois da polémica envolvendo a ex-secretária de Estado da Agricultura Carla Alves, que se demitiu depois da notícia do arresto de várias contas bancárias.

Governo aprova Plano Estratégico para a Pequena Pesca

O Conselho de Ministros aprovou hoje o Plano Estratégico para a Pequena Pesca 2022-2030, que tem por objetivo o reforço do sector através de ações que visem a sua competitividade e melhorem as condições de trabalho dos seus profissionais.

Confederações agrícolas unem-se contra extinção das direções regionais do sector

Em comunicado conjunto enviado esta quarta-feira às redações, AJAP, CAP, CNA e Confagri referem que o entendimento “unânime” é de que a decisão é “altamente lesiva” para o sector agrícola. No documento, apela-se a que o Governo volte atrás na decisão, de forma imediata e inequívoca.
Comentários