Corbyn falha ‘high five’ com colega de partido e anima redes sociais

A peripécia com o ‘pouco’ derrotado da noite de ontem, o líder do Partido Trabalhista, está a ser um dos sucessos do pós-votação.

O período pós-eleições é rico em reações de líderes mundiais, última contagem de votos, discursos, vídeos e fotografias das celebrações. No entanto, há geralmentos momentos ainda mais hilariantes que acabam por ficar na memória – e nas redes sociais – de muita gente.

As últimas eleições no Reino Unido não são exceção e proporcionaram uma peripécia com o ‘pouco’ derrotado da noite de ontem: Jeremy Corbyn. O líder dos tories está a animar a Internet pelo falhanço num high five com uma colega do partido e dirigir a mão para o peito de Emily Thornberry.

Não fuma, não bebe e garante não ter vícios. Apenas sonhos e a determinação necessária para levar o Brexit a bom porto. A somar votos junto das camadas mais jovens, Jeremy Corbyn não chegou a tornar-se o maior pesadelo de Theresa May nas eleições gerais desta quinta-feira.

As eleições britânicas deram uma vitória frágil do Partido Conservador, que perdeu pelo menos 12 deputados em comparação com as eleições de 2015. Quanto ao Partido Trabalhista, de Jeremy Corbyn, garantiu 261 lugares (com 40%dos votos) na nova composição da Câmara dos Comuns, o que representa uma subida de 29 lugares face à última ida às urnas.

Relacionadas

Sem maioria e com um Parlamento suspenso. E agora May?

A poucas horas de serem conhecidos os resultados oficiais das eleições gerais britânicas, começam a chegar as primeiras reações aos resultados, que embora deem vitória a Theresa May, não lhe conferem a maioria que desejava e deixam o parlamento suspenso.

Reino Unido: e se Corbyn ganhasse as eleições?

A juventude urbana, que ficou em casa no referendo sobre o Brexit e nunca viveu sem ser no seio da União Europeia, pode desta vez optar por sair da sua zona de conforto para participar nas eleições. Alguns analistas afirmam que esta é a maior incógnita do dia.

Jeremy Corbyn: O ascético que quer converter sonhos em votos

Não fuma, não bebe e garante não ter vícios. Apenas sonhos e a determinação necessária para levar o Brexit a bom porto. A somar votos junto das camadas mais jovens, Jeremy Corbyn pode vir a tornar-se o maior pesadelo de Theresa May nas eleições gerais desta quinta-feira.
Recomendadas

Maus resultados eleitorais levam à demissão dos chefes de gabinete de Theresa May

Fiona Hill e Nick Timothy eram conselheiros de Theresa May desde que esta assumiu a pasta do Ministério do Interior, entre 2010 e 2016.

Brexit: Europa está “unida, coesa e preparada” para as negociações com Reino Unido

Marcelo Rebelo de Sousa recusou-se a comentar os resultados eleitorais do Reino Unido e o ministro dos Negócios Estrangeiros português assegura que a União Europeia vai “negociar as condições da saída com o Reino Unido (…) com toda a boa-fé”.

Bruxelas disposta a abrir negociacões sobre o brexit já amanhã

Donald Tusk declara saber quando terminarão as negociações do Brexit; Jean-Claude Juncker diz que a Comissão Europeia está pronta para abrir as negociações “amanhã de manhã”. A Europa parece não querer esperar mais pelo Brexit.
Comentários