Corretora portuguesa MDS segura Rock in Rio Brasil

A MDS será a corretora oficial do Rock in Rio Brasil, garantindo a proteção de pessoas e equipamentos do maior festival de música do mundo, que decorre este mês na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil. O Rock in Rio reúne mais de meio milhão de pessoas na Cidade do Rock, no bairro da […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A MDS será a corretora oficial do Rock in Rio Brasil, garantindo a proteção de pessoas e equipamentos do maior festival de música do mundo, que decorre este mês na cidade do Rio de Janeiro, no Brasil.

O Rock in Rio reúne mais de meio milhão de pessoas na Cidade do Rock, no bairro da Tijuca, numa área que ocupa 150 mil metros quadrados. Os palcos do Rock in Rio recebem mais de uma centena de artistas, como Rihana, Katy Perry, Rod Stewart, Metallica ou os Queen e Adam Lambert, entre muitos outros.

Além dos palcos, o recinto tem espaços de lazer, zonas de alimentação e outros equipamentos para o público e a MDS será a corretora responsável por todo o programa de seguros do festival.

Para um evento de tão grandes proporções foi necessário encontrar o seguro mais apropriado e para este efeito, a MDS procurou reunir os melhores parceiros entre grandes empresas brasileiras e estrangeiras.
O Brasil não tem uma seguradora capaz de absorver os riscos do evento sozinha e por isso a MDS desenvolveu parcerias para chegar ao modelo ideal.

OJE

Recomendadas

Empresa espanhola de armamento recebeu carta semelhante à que explodiu na embaixada da Ucrânia

Uma empresa espanhola de armamento recebeu um envelope similar ao que foi enviado para a embaixada da Ucrânia em Madrid e que explodiu.

Atualização do IAS aumenta valor máximo do subsídio de desemprego em 93 euros

O valor máximo do subsídio de desemprego vai subir mais do que o previsto avançando 93 euros, para 1.201,08 euros, refletindo o aumento de 8,4% do Indexante de Apoios Sociais (IAS) em 2023.

Afinal, pensões mais baixas vão subir 4,83% em janeiro

Pensões até 961 euros vão ter aumento de 4,83%, pensões entre 961 euros e 2.883 euros vão subir 4,49% e pensões acima de 2.883 euros vão crescer 3,89%. Correção das atualização vai custar 110 milhões de euros, aos quais se somam os 1.155 milhões de euros já previstos.