Costa acredita que a descentralização vai “correr bem e acabar melhor”

Importante é que haja um “clima de diálogo” entre os envolvidos no processo para se identificarem os problemas e as soluções para esses mesmos problemas, referiu.

António Costa, primeiro-ministro. Foto: Pedro Nunes/Reuters

O primeiro-ministro afirmou hoje que o processo de descentralização vai “correr bem e acabar melhor”, apelando à necessidade do diálogo entre os envolvidos para identificar problemas e soluções.

“É um processo que vai correr bem e acabar melhor”, disse António Costa à entrada para a Conferência sobre o Futuro da Europa, na Fundação de Serralves, no Porto.

Importante é que haja um “clima de diálogo” entre os envolvidos no processo para se identificarem os problemas e as soluções para esses mesmos problemas, referiu.

Costa salientou que naquela que é a maior reforma que o Estado fez nas últimas décadas é natural que existem problemas das mais diversas naturezas.

“Há problemas das mais diversas naturezas, mas importante é identificá-los e com boa-fé uns e outros procurem encontrar soluções para alguns desses problemas”, vincou.

E, a propósito de problemas, nomeadamente sobre o facto do executivo da Câmara Municipal do Porto ter aprovado a 19 de abril a saída da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Costa ressalvou que essa questão “transcende” o Governo.

“É uma relação onde não temos de nos meter. Sei que não há ainda entendimento”, reforçou.

Recomendadas

PSD critica Governo por “má gestão e execução” de fundos europeus

Catarina Rocha Ferreira falava no debate parlamentar sobre o Estado da União, esta quarta-feira, criticando ainda a conduta do Governo face às PME quando este “só ajudou 21%” destas empresas e é “dos países que menos gastou” nestes apoios.

Governo diz ter “bons sinais” da União Europeia face a prioridades para a economia portuguesa

O secretário de Estado dos Assuntos Europeus, Tiago Antunes, elogiou o pacote de medidas estabelecidas ao nível europeu no âmbito da energia, nomeadamente a solução, a longo prazo, em apostar no hidrogénio verde com a criação de um banco de hidrogénio, orçamentado em três mil milhões de euros.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quarta-feira, 28 de setembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta quarta-feira.
Comentários