Costa e Medina viajam de comboio para assinalar primeiro dia do passe único metropolitano

O primeiro-ministro e o presidente da Câmara de Lisboa vão viajar esta segunda-feira de comboio até Setúbal para assinalar o primeiro dia do passe único nos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa. O passe vai ter um custo máximo de 40 euros.

Tiago Petinga/Lusa

O primeiro-ministro, António Costa, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, e o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, vão viajar esta segunda-feira de comboio até Setúbal. A iniciativa assinala o primeiro dia do passe único nos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa, que vai ter um custo máximo de 40 euros.

Os três governantes vão partir da estação de comboios de Entrecampos, às 9h30, num comboio da Fertagus com direção a Setúbal, para serem depois recebidos pelas 11h00 na Câmara Municipal de Setúbal, pela autarca Maria das Dores Meira.

Recorde-se que o Governo e os presidentes dos municípios da Área Metropolitana de Lisboa (AML) assinam na segunda-feira passada contratos para a entrada em vigor, em abril, de um passe único nos 18 concelhos da AML. A entrada em vigor do passe único vem pôr fim a centenas de títulos combinados que existem atualmente para a utilização dos transportes coletivos.

O passe único vai ter apenas duas configurações: o Navegante Municipal custará 30 euros, permitindo viagens dentro de cada concelho, e o Navegante Metropolitano custará 40 euros, permitindo deslocações nos meios de transporte públicos em toda a área metropolitana. As crianças até aos 12 anos estão isentas do pagamento de transportes.

O novo passe funciona em toda a AML, integrada pelos municípios de Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

Recomendadas

Presidente do PS pede ao Governo apurado sentido de orientação e maior rigor nas condutas

Este aviso foi transmitido por Carlos César através de uma mensagem vídeo na sessão do PS evocativa dos sete anos de governos socialistas liderados por António Costa, que decorre na estação fluvial do Terreiro do Paço.

Vasco Lourenço contesta aproveitamento político do 25 de novembro pela extrema-direita

“Não aceito agradecimentos dos que, em 25 de Novembro de 1975, foram vencidos, por mim e pelos meus camaradas de Abril”, enfatiza Vasco Lourenço em comunicado, no qual não nomeia qualquer partido, embora se dirija expressamente à extrema-direita.

José Maria Monteiro de Azevedo Rodrigues é o novo presidente da Comissão de Normalização Contabilística

A decisão foi tomada em Conselho de ministros e publicada hoje, sexta-feira, no Diário da República, informou o Ministério das Finanças em comunicado.
Comentários