Costa em Bruxelas hoje para reunião com Ursula von der Leyen (com áudio)

A última vez que Costa e von der Leyen se encontraram foi na reunião do Conselho Europeu de dezembro, onde o primeiro-ministro português defendeu a renovação do mecanismo ibérico que limita o preço do gás na produção de eletricidade.

Ursula von der Leyen e António Costa | Cristina Bernardo

O primeiro-ministro vai reunir-se hoje à noite com a presidente da Comissão Europeia, em Bruxelas, e no encontro deverá abordar a possibilidade de renovação do mecanismo ibérico para limitar o preço do gás para produzir eletricidade.

O encontro entre António Costa e Ursula von der Leyen é apenas descrito como uma “reunião de trabalho” e na semana passada uma porta-voz da Comissão Europeia só revelou que seria abordado “tudo o que seja relevante” para o bloco comunitário e o para o país.

Contudo, na quarta-feira o ministro do Ambiente, Duarte Cordeiro, reuniu-se com a vice-presidente da Comissão e comissária para a Competição Margrethe Vestager, em Bruxelas, para discutir a extensão do mecanismo ibérico que limita o preço do gás adquirido para produzir eletricidade. O governante socialista foi acompanhado por Teresa Ribera, a ministra espanhola com a pasta da Energia.

Dessa reunião saiu apenas um sinal “positivo”, de acordo com uma nota divulgada pelo Ministério do Ambiente, e Portugal e Espanha comprometeram-se a avançar com propostas o quanto antes.

A última vez que Costa e von der Leyen se encontraram foi na reunião do Conselho Europeu de dezembro, onde o primeiro-ministro português defendeu a renovação, a partir de maio, do mecanismo ibérico que limita o preço do gás na produção de eletricidade.

“Do nosso lado e de Espanha, sublinhámos que, independentemente da fixação deste mecanismo da correção de preço do gás, é essencialmente renovar, a partir de maio, a solução ibérica, […] que não tem distorcido o mercado e que tem permitido às empresas portuguesas e sediadas em Portugal e Espanha – e também à França, sempre que adquire energia na Península Ibérica – ter sempre preços francamente mais competitivos do que são praticados no mercado internacional”, disse na altura António Costa.

Recomendadas

Dirigente do PS defende regresso de António José Seguro para liderar lista do PS às europeias

Ascenso Simões desafia Costa a “engolir um sapo” e convidar o ex-líder do partido para regressar à política activa. “O PS poderia ganhar as eleições se António José Seguro regressasse”, afirma o ex-deputado do PS.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta quinta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta quinta-feira.

Reclamações contra o Ministério da Educação disparam por causa das greves

O número de queixas contra o Ministério da Educação cresceu 400% no arranque do ano, período marcado pelas greves dos professores e consequentes constrangimentos para milhares de alunos, pais e encarregados de educação.
Comentários