Costa: “Portugal contribui para o reforço da fronteira Leste da NATO”

O primeiro-ministro usou o Twitter para deixar a mensagem de que Portugal “é solidário com a Polónia no seu apoio aos refugiados, [bem como] apoia a Ucrânia na sua luta pela paz e na preparação do seu esforço de reconstrução.”

Paulo Cunha/Lusa

O primeiro-ministro considera que as suas visitas à Roménia, Polónia e Ucrânia permitiram a Portugal reforçar o seu papel na NATO e no acolhimento de refugiados e apoiar Kiev na luta pela paz e reconstrução do país.

António Costa iniciou na quarta-feira à noite em Bucareste uma deslocação a três países da Europa de leste, que o levou também a Varsóvia e Kiev, tendo regressado hoje de manhã a Lisboa.

Na sua conta na rede social Twitter, o primeiro-ministro fez uma pequena síntese destas suas visitas: “Concluída a viagem de trabalho à Roménia, Polónia e Ucrânia. Portugal contribui para o reforço da fronteira Leste da NATO”.

Portugal, segundo António Costa, “é solidário com a Polónia no seu apoio aos refugiados; apoia a Ucrânia na sua luta pela paz e na preparação do seu esforço de reconstrução”.

Recomendadas

Guterres revela “intensos contactos” para desbloquear exportação de alimentos da Ucrânia

“Tem havido intensos contactos, quer com os ucranianos, quer com os russos, quer com os turcos e, por outro lado, com os Estados Unidos e com a União Europeia, no sentido de facilitar a exportação dos produtos alimentares ucranianos”, disse o secretário-geral da ONU.

Marcelo elogia papel “incansável” de Guterres e desvaloriza saída de embaixadora ucraniana

“Eu acho que não muda nada, cada país é livre de escolher os seus embaixadores, há rotações periódicas”, disse Marcelo sobre a destituição da embaixadora Inna Ohnivets pelo presidente ucraniano.

Macau mantém serviços públicos encerrados até 1 de julho devido a surto de Covid-19

Num despacho publicado no Boletim Oficial da região administrativa especial chinesa, o Chefe do Executivo, Ho Iat Seng, confirma que o encerramento tem como objetivo “evitar a transmissão da pneumonia causada pelo novo tipo de coronavírus”.
Comentários