Costa saiu da reunião com Cavaco

António Costa e Aníbal Cavaco Silva já terminaram a reunião. Costa não prestou declarações à saída. No site da Presidência ainda não há informação adicional.


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

A reunião do Presidente da República, Aníbal Cavaco Silva, e o líder do Partido Socialista (PS), António Costa, já terminou.

O secretário-geral do Partido Socialista não prestou declarações à saída da audiência, a segunda em apenas quatro dias.

O Presidente da República não indigitou o líder do PS, como antecipavam alguns analistas. Nesta segunda audiência em apenas quatro dias, que se prolongou por pouco mais de meia hora, Cavaco Silva entregou a Costa um documento com seis dúvidas que ainda precisa ver esclarecidas, publicado entretanto no site da Presidência.

O líder dos socialistas já tinha sido recebido na passada sexta-feira pelo Presidente da República.

Desde as eleições legislativas e após a moção de rejeição do programa do Partido Social Democrata, a 12 de novembro, Cavaco Silva já ouviu mais de 30 pessoas ou entidades, incluindo confederações patronais, associações empresariais, centrais sindicais, banqueiros, economistas e partidos com representação parlamentar.

Conheça o essencial das dúvidas de Cavaco.

OJE

Recomendadas

Marcelo pede para se cuidar das democracias com reformas e novos protagonistas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, faz hoje um apelo para se cuidar das democracias com reformas e rejuvenescimento de protagonistas, numa mensagem a propósito do Dia Internacional dos Direitos Humanos.

Costa pede novas regras fiscais europeias que permitam investimentos estratégicos

Quando a União Europeia debate uma revisão das regras fiscais e financeiras o primeiro-ministro, António Costa, considera que existe uma proposta da Comissão que já tem “contributos muito positivos”, no entanto, é necessário, para além desses contributos, “um estabilizador macroeconómico permanente”, para “estabilização em situações de crise”.

Detida vice-presidente do Parlamento Europeu em investigação de lóbi ilegal do Qatar

A social-democrata grega Eva Kaili, está entre os cinco detidos na Bélgica no âmbito de uma investigação sobre alegado lóbi ilegal do Qatar para influenciar decisões políticas em Estrasburgo, diz a imprensa belga.