Covid-19: prémios de desempenho atingem 25 mil profissionais de saúde

A medida terá um custo de 23 milhões de euros para os que trabalharam durante 30 dos 45 dias que durou o primeiro estado de emergência, em áreas covid-19 ou com doentes suspeitos.

Os prémios de desemprenho que serão concedidos aos profissionais do Sistema Nacional de Saúde (SNS) vão abranger 25 mil pessoas, que estiveram na linha da frente do combate ao vírus no primeiro estado de emergência avança o Público.

Este prémio de desempenho reparte-se no equivalente a 50% da sua remuneração base mensal e num acréscimo de dias de férias.

A medida terá um custo de 23 milhões de euros para os que trabalharam durante 30 dos 45 dias que durou o primeiro estado de emergência, em áreas covid-19 ou com doentes suspeitos, diz a mesma publicação.

O prémio vai incluir técnicos de emergência médica pré-hospitalar, profissionais dos serviços médico-legais, trabalhadores de unidades de saúde dos serviços prisionais e os trabalhadores civis do Hospital das Forças Armadas.

A lei prevê que este prémio seja pago ainda este ano.

Recomendadas

Ameaça nuclear de Putin “deve ser levada a sério”, alerta analista

“Estamos a abordar uma situação considerada impensável. Uma nova realidade”, vincou Eugene Rumer, ex-oficial dos serviços de informações para a Rússia e Eurásia no Conselho de Inteligência Nacional dos Estados Unidos e diretor do programa Rússia e Eurásia do Carnegie Endowment Endowment for International Peace.

Covid-19: Índice de transmissão do vírus volta a subir para os 1,06 em Portugal

O índice de transmissibilidade (Rt) do coronavírus SARS-CoV-2 voltou a subir em Portugal para os 1,06 e todas as regiões estão com este indicador acima do limiar de 1, indicou hoje o Instituto Ricardo Jorge (INSA).

Crise vai sentir-se no sector automóvel, mas pode ser uma oportunidade para Portugal?

O atual cenário de inflação e aumento de custos energéticos soma-se às fragilidades já conhecidas dos fabricantes decorrentes da pandemia. Como vão as empresas – e o país – contornar os desafios mantendo o foco na descarbonização? Saiba tudo na JE Talks, esta quinta-feira, às 17h00.
Comentários