CR7 e Grupo Pestana parceiros no mercado hoteleiro

Parceria anunciada nos próximos dias


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031
O grupo Pestana poderá estar próximo de anunciar uma parceria com o melhor futebolista do mundo e o lançamento de uma cadeia de hotéis associada a CR7. De acordo com o semanário Sol, poderão ser conhecidos mais detalhes desta parceria nos próximos dias numa apresentação já marcada para 17 de dezembro.

O administrador do grupo Pestana e responsável pelo desenvolvimento de novos projetos, José Roquette, garantiu ao Sol que as conversações entre o grupo e Cristiano Ronaldo estavam já “numa fase avançada”. Para já, o que se sabe é que existe uma “vontade grande” por parte de Dionísio Pestana e de Cristiano Ronaldo, adiantou José Roquette ao semanário.

De acordo com a mesma fonte, esta associação de duas marcas madeirenses da atualidade já teria começado a ser trabalhada há mais de um ano e o hotel Butique, no Funchal e próximo no museu de CR7, até pode ser o primeiro a assumir esta nova identidade.

OJE
Recomendadas

AdC acusa Cabelte, Quintas e Quintas e Solidal de cartel em contratação pública lançada pela REN

AdC acusa as empresas fornecedoras de cabos de Muito Alta Tensão de acordo anticoncorrencial em procedimentos de contratação pública, num concurso lançado pela REN.

Ibersol com lucros de 14,6 milhões de euros até setembro

A Ibersol registou nos primeiros nove meses deste ano lucros consolidados de 14,6 milhões de euros, que comparam com prejuízos de mais de 20 milhões de euros no período homólogo.

Greve na CP e IP suprimiu 701 comboios até às 18h00

A greve dos trabalhadores da CP – Comboios de Portugal e da Infraestruturas de Portugal (IP) levou à supressão de 701 comboios da CP entre as 00h00 e as 18h00.