Crédito ao consumo em outubro soma 574 milhões de euros

O total do novo crédito ao consumo em outubro somou 574,024 milhões de euros, o que traduz uma descida 2% face a setembro, mas uma subida anual de 6,2% face ao mês homólogo do ano anterior.

O Banco de Portugal anunciou a evolução dos novos créditos aos consumidores relativo a outubro de 2021.

O total do novo crédito ao consumo em outubro somou 574,024 milhões de euros, o que traduz uma descida 2% face a setembro, mas uma subida anual de 6,2% face ao mês homólogo do ano anterior.

Nas várias modalidades verifica-se que o crédito pessoal caiu 2% face a setembro e totalizou 264 milhões de euros. Já o crédito automóvel caiu 4,1% num mês para 213 milhões e o crédito através de cartões e descoberto autorizado subiu 2,9% para 97 milhões de euros em outubro.

No crédito para a compra de carro a maior subida verificou-se na Locação Financeira ou ALD (Aluguer de Longa Duração) de usados, que subir 28,6% face a setembro para 5,615 milhões de euros.

Sem surpresas, em outubro o crédito pessoal para Educação, Saúde, Energias Renováveis e Locação Financeira de Equipamentos lidera a subida de montante concedido face a setembro (+6,6% para 12,136 milhões).

Em termos de número de contratos, ao todo somaram 122.322 contratos de crédito ao consumo nas várias modalidades, o que significa uma subida de 0,1% face a setembro e de 6,6% comparado com outubro de 2020.

Também aqui verifica uma queda do número de contratos de crédito pessoal (-2% para 38.624) e do crédito para a compra de carro (-5,6% para 14.659), mas uma subida de 2,7% para 69.039 no crédito por cartões e descoberto.

Recomendadas

Montepio vende Finibanco Angola a grupo da Nigéria

O Acess Bank é uma entidade detida a 100% pela Access Holdings Plc (Access Corporation), um banco comercial que opera através de uma rede de mais de 700 balcões e pontos de atendimento, abrangendo 3 continentes, 17 mercados e 45 milhões de clientes, segundo o Montepio. Valor não foi divulgado.

Lucros do Banco de Fomento sobem 135% para 22,9 milhões de euros em 2021

“Este aumento explica-se, essencialmente, pelo crescimento do produto bancário que passou de 31,89 milhões de euros, em 2020 para 44,69 milhões de euros no ano em análise”, ou seja, subiu 40%.

Produção das seguradoras cresceu 38% para 12,4 mil milhões em 2021

A entidade liderada por Margarida Corrêa de Aguiar anunciou que a produção global de seguro direto das empresas de seguros revelou uma recuperação de 38% durante o exercício de 2021, para 12,4 mil milhões de euros, invertendo a tendência negativa a que se assistiu nos dois anos anteriores.
Comentários