Cristiano Ronaldo, João Félix, Jorge Mendes e Benfica vencem Globe Soccer Awards

Cristiano Ronaldo foi eleito o futebolista do ano 2019 nos Globe Soccer Awards, pela quarta vez consecutiva, João Félix arrecadou o prémio Revelação, o Benfica o de melhor Academia e Jorge Mendes o de melhor empresário.

Sergio Perez / Reuters

A exceção a esta hegemonia lusitana nesta cerimónia organizada anualmente, desde 2010, foi a do selecionador Fernando Santos, que concorria para treinador do ano com o alemão Jurgen Klopp, do Liverpool, que arrecadou o prémio, e o holandês Erik Ten Haag, do Ajax.

Cristiano Ronaldo, que superou a concorrência de Lionel Messi, Van Dijk e Mohamed Salah, conquistando o prémio pela sexta vez em nove edições, marcou 28 golos na época de estreia no campeonato italiano, ajudou a Juventus a conquistar a Serie A e conquistou a Liga das Nações ao serviço da seleção portuguesa.

Já João Félix teve de superar a concorrência do norueguês Erling Haaland, do Salzburgo, e do inglês Jadon Sancho, do Borussia Dortmund, que eram os outros candidatos ao prémio Revelação, a culminar um ano em que contribuiu decisivamente para o título nacional conquistado pelo Benfica e protagonizou a transferência mais cara do último verão, com o Atlético de Madrid a pagar 126 milhões de euros ao clube da Luz.

O Benfica, que se fez representar no Dubai por Rui Costa, arrecadou o prémio de melhor academia do Ano, repetindo a distinção de 2015, juntamente com a academia do Ajax.

Entre outros prémios entregues na cerimónia dos Globe Soccer Awards 2019, o da futebolista do ano foi para Lucy Bronze, jogadora do Lyon, de França, o prémio carreira para o médio bósnio Miralem Pjanic, da Juventus, e o prémio de melhor guarda-redes para o brasileiro Alisson, do Liverpool, eleito o clube do ano.

Recomendadas

Sergio Pérez vence GP de Singapura de Fórmula 1

O piloto mexicano, da Red Bull, adiou a conquista do título por parte do companheiro de equipa, Max Verstappen, que foi sétimo.

Miguel Oliveira vence GP da Tailândia

O piloto português, da KTM, venceu este domingo o Grande Prémio da Tailândia de MotoGP, 17.ª de 20 provas da temporada. O francês Fabio Quartararo, da Yamaha, mantém a liderança do campeonato.

Grupo de direitos das mulheres apela à FIFA que exclua Irão do Campeonato do Mundo

“Por que a FIFA daria ao Estado iraniano e aos seus representantes um palco global, enquanto não apenas se recusa a respeitar os direitos humanos e dignidades básicos, mas atualmente está a torturar e matar o seu próprio povo?”, questionam na carta enviada ao representante do organismo.
Comentários