CTT, LACS e consultora Monday fazem parceria para apoiar startups

O acordo prevê sinergias para alavancar o ecossistema em Portugal designadamente através de: análise de espaços/imobiliário CTT, instalação do programa de empreendedorismo do operador postal nos locais de co-working e reflexão sobre o aproveitamento dos espaços CTT.

Os CTT – Correios de Portugal anunciaram esta terça-feira que estabeleceram uma parceria com o espaço de co-working LACS e com a consultora tecnológica Monday para dinamizar o programa de empreendedorismo do operador postal, que dá às startups escolhidas acesso a financiamento, networking, mentoria e descontos em produtos e serviços da marca.

“Estas parcerias relembram às novas gerações que os CTT nunca deixaram de ter no seu ADN o que caracteriza uma startup, apoiando novas ideias e posicionando-se como o melhor parceiro para novos negócios”, diz João Sousa, administrador executivo dos CTT, em comunicado divulgado aos meios de comunicação social.

O acordo entre os CTT e o LACS tem como objetivo aproveitar complementaridades e criar sinergias em três eixos principais de colaboração que possam alavancar o ecossistema em Portugal, designadamente: análise de espaços/imobiliário CTT, instalação do CTT 1520 Startup Program nos três espaços que o LACS tem em Lisboa e Cascais e parceria estratégica de reflexão sobre o aproveitamento dos espaços CTT. “Temos muito orgulho em ser parceiros do programa CTT 1520 porque acreditamos que estamos, juntos, a alavancar o empreendedorismo português”, garante Inês Cabral, diretora de Marketing do LACS.

Já a Monday ficou responsável por um conjunto de serviços que considera indispensáveis para ajudar as startups na sua fase de lançamento, nomeadamente design thinking e UX/UI (experiência do utilizador e interface do utilizador), dividido em três modalidades: light (fácil), medium (médio) e full (completo) e bootcamps de inovação com a metodologia de design sprints. “Esta parceria nasce de uma aposta estratégica no ecossistema de startups e os CTT, sendo um parceiro de renome com um programa forte nesta área, foram uma escolha natural”, comenta o CEO da Monday, Diogo Romão.

Em meados deste ano, os CTT criaram um fundo de inovação com 4 milhões de euros para investir em startups (seed, série A e fase de crescimento) e pequenas e médias empresas, sobretudo aquelas que operam em sectores alinhados com as prioridades de atuação dos CTT – e-commerce, operações e logística, comunicações, fintech, retalho e publicidade – para que possam dar ímpeto ao grupo a cumprir os seus objetivos estratégicos e a ser mais ágil no processo de inovação e na redução “da incerteza no desenvolvimento de novos produtos, serviços ou modelos de negócio”, segundo a empresa.

Recomendadas

“Taxa Amazon”. Barcelona prepara-se para taxar empresas de entregas

A cidade espanhola deverá aplicar uma taxa às empresas que circulem no espaço público para entregar encomendas online. Medida abrange empresas com mais de um milhão de euros em receitas anuais e deverá encaixar cerca de 3 milhões nos cofres da autarquia.

ORES Portugal compra três hipermercados por 26,2 milhões que alugará ao Continente (com áudio)

Os três ativos imobiliários são objeto de contratos de arrendamento de longa duração com o Continente, do grupo Sonae, segundo um comunicado da SIGI do Bankinter e da Sonae Sierra.

Minipreço diz que lança o primeiro saco de plástico que protege os oceanos, mas é virtual

A cadeia de supermercados Minipreço, no sentido de alertar para a imprescindibilidade de reduzir o consumo de plástico, nomeadamente sacos e descartáveis, diz que foi criado “um saco de plástico virtual que, ao invés de prejudicar a natureza, auxilia na sua preservação através de donativos”.
Comentários