CTT valorizam 2,5% e impulsionam PSI a abrir no ‘verde’

Os Correios de Portugal vão participar em três agendas para a inovação empresarial no âmbito do PRR.

A bolsa portuguesa (PSI) está esta quarta-feira, 18 de janeiro, a negociar em terreno positivo. A praça lisboeta abriu a sessão a ganhar 0,22% para 6.011,05 pontos, voltando a ficar ligeiramente acima dos seis mil pontos.

Os CTT avançam 2,97% para 3,47 euros, sendo a cotada que mais valoriza na abertura da sessão do meio da semana. A subida dos correios deve-se à participação da empresa em três agendas para a inovação empresarial no âmbito do Plano de Recuperação e Resiliência, anunciado à data de hoje.

Também a Galp sobe 0,96% para 12,68 euros, a Semapa cresce 0,49% para 12,34 euros, a EDP avança 0,44% para 4,81 euros, a Altri valoriza 0,20% para 5,01 euros e a REN soma 0,20% para 2,54 euros.

Em contraciclo à abertura, a Navigator é a cotada com a maior queda, perdendo 0,62% para 2,23 euros. A Sonae desliza 0,46% para 0,97 euros, o BCP cai 0,41% para 0,19 euros e a Jerónimo Martins recua 0,10% para 20,28 euros.

Na abertura da sessão, a Europa está a negociar em terreno maioritariamente positivo. O alemão DAX é o único em queda, perdendo 0,01%. Por sua vez, o francês CAC ganha 0,14%, o espanhol IBEX valoriza 0,72%, o britânico soma 0,07% e o italiano avança 0,19%. O Euro Stoxx segue a valorizar 0,11% para 4.179,05 pontos.

No mercado petrolífero, o Brent ganha 0,94% para 86,73 dólares e o WTI valoriza 1,19% para 81,41 dólares. O gás natural voltou às perdas, recuando 3,21% para 3,471 dólares.

No mercado cambial, o euro avança 0,54% para 1,0846 dólares e a libra esterlina ganha 0,37% para 1,0846 dólares.

Recomendadas

Wall Street volta a fechar no verde e Nasdaq soma quarta semana seguida de ganhos

Apesar de subidas tímidas, os três principais índices de Nova Iorque fecharam em alta, colocando-se em rota para um mês de ganhos. O sector tecnológico continuou a somar ganhos antes de uma semana de muitos resultados trimestrais, impulsionando o Nasdaq depois de mais dados otimistas da inflação.

DBRS mantém inalterado ‘rating’ da dívida portuguesa em ‘A (baixo)’

Depois da melhoria em 2022, motivada sobretudo pela recuperação acima do esperado do turismo, a DBRS manteve inalterada a avaliação dos títulos de dívida nacionais esta sexta-feira, tal como as perspetivas de curto-prazo.

Riscos de uma nova moeda comum para Brasil e Argentina. Veja o “Atlantic Connection”

Com apresentação de Gabriel Monteiro e de Nuno Vinha, o Atlantic Connection é um programa produzido em parceria pela BM&C News e pelo Jornal Económico, que oferece uma perspectiva em português sobre os grandes temas da atualidade global.
Comentários