CTT vende imóvel em Lisboa por 8,5 milhões de euros

Os Correios de Portugal anunciaram a venda de imóvel na Rua da Palma, em Lisboa, por um valor de 8,5 milhões de euros.

Cristina Bernardo

Os CTT anunciaram a venda de um imóvel na Rua da Palma, em Lisboa, por um valor de 8,5 milhões de euros, de acordo com com comunicado divulgado ao início da tarde pela Comissão de Mercado e Valores Mobiliários.

“O montante total recebido pela empresa relativo à venda do referido imóvel”, explicam os CTT no mesmo comunicado, “corresponde ao preço contratado (o que representará uma mais-valia contabilística antes de impostos de cerca de 8,5 milhões de euros, com um impacto fiscal de cerca de 1,1 milhões de euros”.

O negócio foi feito por 10,3 milhões de euros, nos termos do contrato promessa de compra e venda celebrado a 15 de maio, o que representa uma mais valia contabilística antes de impostos de cerca de 8,5 milhões de euros, com um impacto fiscal de 1,1 milhões de euros.

Esta venda prossegue em linha com a política dos CTT da alienação de ativos não estratégicos quando estejam reunidas as condições de mercado adequadas.

Recomendadas

Prémio “João Vasconcelos – Empreendedor do ano 2022” atribuído aos fundadores da Coverflex

O prémio de “Empreendedor do Ano” foi entregue pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Carlos Moedas, e por Bernardo Correia, ‘country manager’ da Google Portugal, entidade parceira desta edição.

Empresa aeronáutica prevê 6 milhões para começar a produzir aviões em Cabo Verde

“Venho elaborando este projeto já há dois anos, criei a empresa Aeronáutica Checo-Cabo-verdiana, empresa que irá produzir os aviões da Orlican e Air Craft Industries em Cabo Verde”, afirma Mónica Sofia Duarte.

BPI e FCT financiam 20 projetos e nove ideias para o desenvolvimento sustentável no Interior

A edição de 2022 do Programa Promove, uma iniciativa da Fundação “la Caixa”, em colaboração com o BPI e em parceria com a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), concedeu apoios a fundo perdido de perto de 3,6 milhões a um total de 20 projetos e nove ideias destinados a impulsionar o desenvolvimento sustentável de regiões do interior de Portugal.
Comentários