Cuatrecasas vai ter nova sede em Portugal em 2021

A sociedade de advogados vai transferir os seus escritórios em Lisboa da zona do Marquês de Pombal… para a zona do Marquês de Pombal. O novo edifício, de 12 andares, localiza-se no início da Avenida Fontes Pereira de Melo.

A sociedade de advogados ibérica Cuatrecasas vai mudar de sede em Portugal no início 2021. A firma de advocacia anunciou esta segunda-feira que vai transferir, daqui a pouco mais de um ano, os seus atuais escritórios em Lisboa para um prédio de 12 andares na Avenida Fontes Pereira de Melo nº 6.

A Cuatrecasas prepara-se para fazer as malas, mas não as leva para muito longe, tendo em conta que a nova localização está apenas a 300 metros dos escritórios que hoje ocupa, na zona do Marquês de Pombal. “Será um espaço de grande amplitude e modernidade, que proporcionará à firma uma adequada capacidade de crescimento, e reforçará modelos de trabalho flexíveis, integrados e sinérgicos, em linha com a cada vez maior sofisticação dos seus clientes”, explica a sociedade liderada por Maria João Ricou.

As obras nas infraestruturas, fachada e nos cerca de 8 mil metros quadrados de espaço interior deverão estar concluídas ainda em 2020, e delas resultará um edifício high-tech com zonas de trabalho.

No final de novembro, o portal de notícias espanhol “EjePrime” escreveu que a Cuatrecasas estaria a finalizar uma operação de venda do edifício de Lisboa ao grupo Zurich por 25 milhões de euros. Na altura, a firma ibérica não fez comentários oficiais e, contactada pelo Jornal Económico, fonte oficial da Zurich Portugal respondeu que “está sempre atenta a todas as oportunidades que se enquadram na sua estratégia de investimento”.

Cerca de um mês depois, a Cuatrecasas informa que irá ocupar o atual prédio onde se encontrava antigamente a Liberty Seguros. Neste processo de negociação deste arrendamento, a consultora imobiliária CBRE atuou em representação do proprietário do edifício, a Explorer.

Os atuais escritórios da Cuatrecasas em Lisboa foram inaugurados em 1928 e hoje contam com mais de duas centenas de advogados e outros profissionais com as designadas funções de suporte. O edifício, que sofreu remodelações em 2006, tem uma área de 4.442 metros quadrados, mais 899 metros quadrados abaixo do nível do solo.

Notícia atualizada a 18-12-2019

Recomendadas

Menezes Leitão perde reeleição, novo bastonário dos advogados será eleito em segunda volta

Os candidatos a bastonário dos advogados Paulo Pimenta e Fernanda de Almeida Pinheiro vão disputar a segunda volta na eleição para o cargo, entre 13 e 15 de dezembro, derrotando o incumbente e recandidato a bastonário Menezes Leitão.

“Falar Direito”. Renegociação de créditos? Eficácia vai depender do universo que temos pela frente”

Qual será o grau de eficácia do diploma que visa, essencialmente, regular o procedimento de renegociação entre as instituições de crédito e os respetivos clientes? Saiba a resposta do advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, no programa da plataforma multimédia JE TV.

“Falar Direito”. “Diploma da renegociação cria ónus sobre bancos que têm crédito à habitação”

O advogado Francisco Barona, sócio do departamento financeiro e governance da Sérvulo, explica quais são, na sua perspetiva, os dois principais problemas associados ao novo diploma relativo à renegociação de créditos.
Comentários