PremiumCustos de supervisão na mira do grupo de trabalho para atrair empresas pós-Brexit

Sociedades pagam em Portugal oito vezes mais taxas de supervisão que em Espanha. Fundos pedem redução dos custos, mas para já foram apenas anunciadas medidas de simplificação procedimentais.

Os reguladores adotaram novas medidas de simplificação procedimentais para atrair empresas financeiras para Portugal. No entanto, os custos continuam a ser um entrave, segundo as empresas portuguesas do setor. As taxas de supervisão em Portugal são atualmente mais de oito vezes superiores às de Espanha e estão na mira do grupo de trabalho.

“A nossa preocupação era criar condições de processo a entidades estrangeiras instalarem-se em Portugal”, explicou José Veiga Sarmento, presidente da Associação Portuguesa de Fundos de Investimento, Pensões e Patrimónios (APFIPP), ao Jornal_Económico, sobre as medidas apresentadas esta semana e que resultaram de um trabalho conjunto da APFIPP, do Banco de Portugal (BdP) e da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). A_iniciativa é coordenada pela Portugal IN, estrutura de missão temporária criada pelo primeiro-ministro para atrair investimentos que pretendam permanecer na União Europeia depois do ‘Brexit’.

Conteúdo reservado a assinantes. Para ler a versão completa, aceda aqui ao JE Leitor

Recomendadas

PremiumSobre a necessidade de reinvenção de um continente no século XXI

Uma reportagem recente de um consórcio nacional de jornalistas trouxe para a luz do dia a existência de um número verdadeiramente assustador de elementos das forças de segurança portuguesas que não honram a farda, semeando o ódio, incentivando à violência e demonstrando um feroz racismo, quer contra cidadãos de etnia cigana, quer contra negros.

PremiumUm regresso ao mundo fácil e descontraído

O teste a um carro quase utilitário, fácil de conduzir, com um motor de combustão alimentado a diesel e com um consumo baixo, inferior a 5 l/100 km, revela alguma nostalgia daquilo que era a solução simples e eficaz para viagens de lazer ou de trabalho.

PremiumUma língua é o lugar donde se vê o mundo

Começar um texto de sugestão de leitura citando um autor que não o visado, pode parecer provocação. Não é. Quando muito é enaltecer a língua, a sua diversidade e as paisagens que nos oferece. Literais e as que vão para lá do fio do horizonte. Ou será linha?
Comentários