Daimler e BMW abandonam mercado norte-americano de car sharing

Com o encerramento das operações na América do Norte e em algumas cidades da Europa, tornam-se cada vez mais evidentes os sinais de luta financeira que o mercado de mobilidade está a enfrentar.

A joint venture entre a BMW e a Daimler anunciou esta quarta-feira o seu plano para abandonar o mercado norte-americano de car sharing [aluguer de veículos por horas necessárias]. Os parceiros têm operações em Montreal, Nova Iorque, Seattle, Washington DC e Vancouver, mas querem concentrar-se no mercado europeu.

A joint venture Car2Go dos dois fabricantes alemães, em Portugal Drive Now, revelaram ainda que as operações nos Estados Unidos e no Canadá vão ser canceladas no dia 29 de fevereiro e explicaram que a razão se deve ao “estado volátil do cenário global de mobilidade” e os custos que a operação na América do Norte implicam.

A empresa assumiu que também vai interromper as operações em três cidades europeias: Florença, Londres e Bruxelas. A empresa conjunta entre os gigantes da indústria automóvel sustentaram que a atividade se vai concentrar “nas restantes cidades europeias, nas quais, juntamente com os nossos acionistas, acreditamos conseguir mostrar maior potencial de crescimento rentável e inovação em mobilidade”.

Com o encerramento das operações na América do Norte e em algumas cidades da Europa, tornam-se cada vez mais evidentes os sinais de luta financeira que o mercado de mobilidade está a enfrentar, além de observar que o serviço de partilha de veículos não conseguiu convencer os cidadãos a aderir, revelou a empresa em comunicado para anunciar a saída do Reino Unido.

O objetivo da união das duas empresas alemãs era que a partilha de carros reduzisse a poluição e o congestionamento de trânsito nas cidades, tendo em conta que houve um estudo de 2016 sobre este serviço que constatou que a Car2Go nos Estados Unidos conseguiu retirar entre sete a onze veículos privados de circulação.

Recomendadas

Mastercard quer oferecer soluções tecnológicas de pagamento que incluam criptomoedas

A Economista Responsável pelos Mercados da Europa, Médio-Oriente e África no Instituto Económico da Mastercard, Natalia Lechmanova, mostrou como os hábitos dos consumidores estão a alterar-se nas economias ocidentais, onde “as pessoas estão a dar cada vez mais prioridade às experiências e menos a “coisas”.

Mobilidade Sustentável: conheça a aposta da Schindler

Com a missão de ser cada vez mais sustentável, a Schindler estabeleceu para o ano de 2030 uma redução de 50% nas emissões de gases com efeito de estufa das suas atividades, com base nos dados de 2020.

Receitas das estações de serviço na Ibéria cresceram 29% em 2021 devido à subida dos preços

De acordo com a análise que a Informa D&B realizou a este setor, em 2021 o mercado ibérico registou um aumento significativo de 10,6% face a 2020 no volume das vendas de gasolina e gasóleo, que corresponde a 38,30 milhões de toneladas de combustível.
Comentários