Daimler vai gastar 20 mil milhões de euros em baterias para veículos elétricos

A construtora alemã e dona da Mercedes-Benz pretende disponibilizar 130 carros elétricos e híbridos até 2022, não tendo especificado a que empresas irá comprar as baterias.

Mercedes-Benz

A construtora alemã de carros de luxo Daimler, e dona da Mercedes-Benz, vai gastar 20 mil milhões de euros até 2030, em baterias para veículos elétricos, numa altura em que se prepara para realizar a produção em massa de veículos híbridos e elétricos, revela a agência “Reuters” esta terça-feira.

“Com a compra de baterias por mais de 20 mil milhões de euros, estamos sistematicamente a avançar com a transformação no futuro elétrico da nossa empresa”, afirmou o presidente-executivo Dieter Zetsche em comunicado.

A Mercedes-Benz Cars pretende oferecer 130 veículos elétricos e híbridos até 2022, além de fazer carrinhas elétricas, autocarros e camiões. A construtora não especificou quais empresas a que vai comprar as baterias.

Recomendadas

Moldova mantém neutralidade mas irá fortalecer a cooperação com a NATO

A Moldova manterá a neutralidade, mas aprofundará a sua cooperação com a NATO para garantir a sua capacidade defensiva, declarou hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros da Moldova, Nicu Popescu.

Espanha e Alemanha reúnem-se em cimeira pela primeira vez desde 2013

Espanha e Alemanha celebram na quarta-feira a primeira cimeira bilateral em nove anos, que coincide com um momento de sintonia entre os dois executivos em projetos como o do gasoduto para ligar a Península Ibérica à Europa central.

CMVM: “É notório o crescimento da divergência dos padrões de poupança das famílias portuguesas”

“A poupança de longo prazo exige disciplina e empenho além de, naturalmente, um nível de rendimento que permita poupar. Esta combinação de condições ajuda a explicar o baixo nível de poupança em Portugal e em outros países que nos são próximos”, reconhece Rui Pinto.
Comentários