DALLE 2: Arte criada por inteligência artificial

O software DALLE 2 cria imagens e obras de arte hiper-realistas a partir de uma descrição escrita em texto. O objetivo é disponibilizar este sistema de art-as-a-service ao público para novas criações artísticas.


Imagine que escreve um texto com uma descrição e, em segundos, essa descrição é transformada numa imagem ou numa obra de arte hiper-realista. Parece magia, mas na verdade trata-se do sistema de inteligência artificial DALLE 2. Criado pela OpenAI, este sistema é capaz de interpretar descrições escritas e traduzi-las em arte. 

As criações podem ser espantosas e há já alguns exemplos, partilhados pela OpenAI, que o comprovam, como astronautas a montar a cavalo, ursos de peluche cientistas ou lontras marinhas representadas com o estilo do pintor holandês Johannes Vermeer.

O sistema é também capaz de fazer reinterpretações de imagens pré-existentes e de permitir editar imagens, através de uma legenda escrita. Por exemplo, adiciona ou remove componentes, adaptando automaticamente sombras, reflexos e texturas com base nas modificações. 

O objetivo é disponibilizar este sistema de art-as-a-service ao público para novas criações artísticas. As potenciais utilizações do DALLE 2 são vastas e podem ser relevantes para designers gráficos, programadores de aplicações, arquitetos ou designers de produto.

Fundada em 2015, como uma empresa de investigação na área de inteligência artificial, a OpenAI já captou mil milhões de dólares.

Artigo original publicado em SuperToast by INSTINCT.
Também disponível em Newsletter e Podcast.

Recomendadas

Venezuela prepara acordos com petrolífera Chevron após alívio de sanções

A Venezuela anunciou hoje que vai assinar, nas próximas horas, acordos com a petrolífera norte-americana Chevron para impulsionar o desenvolvimento local de empresas mistas (capital público e privado) e a produção de petróleo.

“Via Verde rejeita categoricamente qualquer acusação de burla” que circule no Portal da Queixa

“Sempre que um cliente passa numa portagem e a transação falha, a Via Verde comunica diretamente com o cliente a dar conta de um eventual problema”, justifica. “Este alerta visa sempre proteger os clientes. Se o problema for confirmado, o cliente pode subscrever um plano Via Verde ou, se assim preferir, comprar um identificador novo”, esclarece fonte oficial da empresa ao JE.

ORES Portugal compra três hipermercados por 26,2 milhões que alugará ao Continente

Os três ativos imobiliários são objeto de contratos de arrendamento de longa duração com o Continente, do grupo Sonae, segundo um comunicado da SIGI do Bankinter e da Sonae Sierra.
Comentários