Cinco dicas para aumentar a probabilidade de ganhar o Euromilhões

Ganhar o Euromilhões não é impossível, mas é muito improvável. Saiba, aconselhado pela DECO, como aumentar as hipóteses de acertar na chave.

Charles Platiau/Reuters

De um ponto de vista racional, o Euromilhões é um mau investimento, como todas as outras lotarias, raspadinhas e material similar. É mais provável ser atingido por um relâmpago ou atacado por um tubarão, do que conseguir ganhar com uma única aposta, o que, de qualquer modo, não desmotiva os milhões de apostadores que correm, em todo o mundo, em demanda dos números mágicos.

A probabilidade de ganhar o 1º prémio com uma aposta é de 0,0000007%. Não é muito, convenhamos, mas há tantas combinações possíveis que, mesmo que demorasse apenas 10 segundos a preencher uma chave, precisaria de 44 anos e 4 meses para preencher todas as chaves de acordo com as regras atuais. Talvez não seja de tentar.

Mas jogar tem um retorno emocional, pois permite sonhar com uma melhoria instantânea, e sem esforço, da qualidade de vida. Talvez valha a pena ficar a conhecer os conselhos dos especialistas da DECO em poupança e investimento. Não jogue mais do que uma chave: já dá para sonhar, e, na prática, as probabilidades são tão baixas que pouca diferença faz.

Não há combinações mágicas, como jogar só números pares ou ímpares, repetir chaves vencedoras (a probabilidade de uma chave se repetir é ainda menor) ou escolher chaves que ainda não saíram, diz a DECO. Todas as combinações têm a mesma probabilidade de serem sorteadas.

As dicas têm em conta dois aspetos: o que interessa é o primeiro prémio, porque este representa mais de 99% do valor a distribuir; e convém dividi-lo com o menor número possível de desconhecidos.

É a única forma de aumentar as probabilidades de ganhar alguma coisa sem gastar mais dinheiro. Ao juntar-se com três amigos, tem uma probabilidade 3 vezes superior de ganhar. Certifique-se de que existe uma grande confiança entre todos os membros do grupo.

Aposte só quando o jackpot tiver um valor elevado. Como o custo da aposta não muda, à partida o retorno esperado aumenta. Jackpots de valor elevado atraem mais apostadores, e, portanto, aumenta a probabilidade de os prémios serem divididos. Mas este é um efeito incerto e impossível de medir, enquanto o aumento do prémio é certo.

Arrisque em chaves ‘impopulares’. Todas as chaves têm a mesma probabilidade de sair, mas quanto menos pessoas a jogarem, menor será o valor do prémio que terá de dividir.

Uma prática comum entre os apostadores é utilizar datas. Ora, como os dias do mês não vão além de 31 e os meses são apenas 12, gera-se a tendência para que as chaves contenham mais números até 30. Jogue números superiores a 30 para uma chave mais invulgar. O 13 é o número do azar e pode tender a ser menos jogado.

Segundo a Santa Casa da Misericórdia, os números mais jogados são 7, 3, 5, 6, 4, 2, 13, 9, 11 e 12. Também há quem goste de repetir chaves vencedoras de sorteios anteriores.

Crie uma chave aleatória. A maior parte das pessoas, quando não seguem uma lógica como a data, ao tentar espalhar os números ao acaso acaba por criar padrões, como escolher um só número em cada linha, não escolher números adjacentes, fazer linhas diagonais, etc. Combata essa tendência para escolhas sistemáticas no site da Santa Casa.

Faça as apostas online no site oficial. Resolve as preocupações relativamente à segurança do boletim de apostas e impede que se esqueça de reclamar prémios, pois são automaticamente atribuídos.

Ganhe com a solução racional. Se em vez de gastar, por exemplo, 25 euros por semana no Euromilhões, investir essa quantia, passados alguns anos, pode transformá-la em vários milhares de euros. Além de poupar os 25 euros, o efeito de capitalização multiplica-lhe as poupanças.

O investimento em ações e fundos tem risco e não garante um determinado rendimento ou o reembolso do capital, mas, realizado numa perspetiva de longo prazo, é a melhor forma de multiplicar as poupanças. A probabilidade de ter um bom resultado com essa estratégia é maior do que ter sorte no Euromilhões.

Recomendadas

Respostas Rápidas: como deve investir a pensar na reforma?

Com uma estrutura demográfica cada vez mais envelhecida, as dúvidas em torno da sustentabilidade da Segurança Social no médio-prazo reforçam o papel da poupança privada no rendimento dos portugueses em reforma, pelo que importa compreender os vários instrumentos financeiros ao seu dispor.

Respostas rápidas: é assim que pode ir para a reforma antes dos 66 anos e sete meses

Não tem 66 anos e sete meses, mas quer ir para a reforma? Há vários regimes que permitem a antecipação da pensão de velhice. O Jornal Económico explica, com base num guia do ComparaJá.

Respostas Rápidas: como pode aceder ao complemento solidário para idosos ou outras pensões?

A propósito do Dia Internacional do Idoso e dado o envelhecimento cada vez maior da sociedade portuguesa, importa compreender como podem os contribuintes aceder a vários apoios disponibilizados pela Segurança Social.
Comentários