Defesa de João Rendeiro vai pedir saída sob fiança (com áudio)

O tribunal de Verulam vai primeiro ouvir o ex-banqueiro e só depois, possivelmente na próxima semana, deve decidir sobre a sua saída sob fiança. 

A defesa sul-africana de João Rendeiro vai pedir que o ex-banqueiro português seja libertado esta semana sob fiança.

A advogada de Rendeiro também conseguiu com que a audição fosse adiada para o dia de amanhã, terça-feira. Esta informação foi confirmada pela porta-voz do tribunal de Verulam aos jornalistas.

Ainda assim, a mesma porta-voz indicou que apesar do pedido ter sido realizado ao dia de hoje, a questão não deve ser concluída num dia. Desta forma, o tribunal vai primeiro ouvir o ex-banqueiro e só depois, possivelmente na próxima semana, deve decidir sobre a sua saída.

O pedido de adiamento da audição do ex-banqueiro surgiu depois da advogada sul-africana ter alegado que ainda não tinha tido tempo para ler todo o processo de que Rendeiro é acusado.

De relembrar que João Rendeiro foi detido na manhã de sábado, 11 de dezembro, na África do Sul e a Polícia Judiciária portuguesa pede a sua extradição para Portugal, onde tem penas de prisão em pendente. Para já, e de acordo com informações de África do Sul, a extradição não será um tema discutido na audição de amanhã.

Relacionadas

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta segunda-feira, 13 de dezembro

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcaram o dia informativo desta segunda-feira, 13 de dezembro.

Audição de João Rendeiro adiada para terça-feira (com áudio)

O português foi deslocado esta manhã para o tribunal de Verulam, onde ia ser presente a um juiz com o intuito de ser extraditado para Portugal.

Advogada de Rendeiro na África do Sul defende que não está interessada em “processar imprensa”

“A minha única preocupação é este momento. Vi a fotografia, parece-me falsa, mas, seja como for, a minha única estratégia e preocupação é tratar do meu caso”, disse June Marks, advogada de João Rendeiro na África do Sul.

Diplomacia portuguesa presente no tribunal de Durban diz que “justiça tem os seus tempos”

O conselheiro e o cônsul honorário português em Durban, Elias de Sousa, apresentaram-se hoje à porta do tribunal “por iniciativa própria” da representação diplomática portuguesa.

João Rendeiro já chegou ao tribunal. Vai hoje ser ouvido após detenção na África do Sul (com áudio)

Depois de ter sido detido num hotel de cinco estrelas na madrugada de sábado, 11 de dezembro, João Rendeiro passou o fim de semana na esquadra da polícia de North Durban, a cinco quilómetros do hotel onde se encontrava.
Recomendadas

Complemento excecional a pensionistas: SNQTB remeteu nova carta ao Primeiro-Ministro

Depois do OE2023 ter sido aprovado o Sindicato Nacional dos Quadros e Técnicos Bancários diz que “o Partido Socialista mantém a injustiça em relação aos bancários reformados que foram indevidamente excluídos da atribuição do complemento excecional a pensionistas”.

Sete bancos lucraram dois mil milhões até setembro, mais 71% do que no período homólogo

Os lucros dos sete maiores bancos – Caixa Geral de Depósitos, BCP, Novobanco, Santander Totta, BPI, Crédito Agrícola e Banco Montepio somam 2.006,3 milhões de euros até setembro deste ano, o que compara com um valor de 1.172 milhões nos nove meses do ano passado. O que significa que os lucros dos sete bancos cresceram 71,2%.

Bankinter é mecenas da exposição “Faraós Superstars” na Fundação Gulbenkian

A exposição “Faraós Superstars” pretende fazer uma reflexão sobre a popularidade dos faraós, reunindo 250 peças de importantes coleções europeias, provenientes de diferentes períodos históricos, desde antiguidades egípcias, passando pelas iluminuras medievais e pintura clássica até à música pop.
Comentários