Défice comercial espanhol aumentou 71% até setembro, com exportações a crescer 1,9%

O défice comercial espanhol foi, nos primeiros nove meses do ano, de 18.854,8 milhões de euros, o que representa mais 71% do que no período homólogo do ano passado, informou hoje o Ministério da Economia espanhol. Segundo o Governo espanhol, o défice cresceu apesar das exportações de mercadorias terem crescido 1,9%, para 178.390,8 milhões de […]

O défice comercial espanhol foi, nos primeiros nove meses do ano, de 18.854,8 milhões de euros, o que representa mais 71% do que no período homólogo do ano passado, informou hoje o Ministério da Economia espanhol.

Segundo o Governo espanhol, o défice cresceu apesar das exportações de mercadorias terem crescido 1,9%, para 178.390,8 milhões de euros, o que representa o melhor dado de toda a série histórica deste indicador (que começou em 1971).

O aumento do consumo interno levou as importações a atingir os 197.245,6 milhões de euros, o que representa mais 6% do que entre janeiro e setembro de 2013.

OJE/Lusa

Recomendadas

Compras das festividades aconteceram mais cedo e serão maiores este ano, segundo a Meta

Alguns dos motivos que podem explicar este acontecimento é o facto de os consumidores estarem preocupados com a escassez de bens, antecipando a compra dos presentes desejados, enquanto as empresas com excesso de stock procuraram eliminá-lo com grandes descontos.

Ex-ministro das Finanças do Luxemburgo Pierre Gramegna lidera MEE a partir de hoje

Numa reunião realizada à distância na passada sexta-feira, o Conselho de Governadores do MEE, que junta os 19 ministros das Finanças da moeda única, decidiu nomear o luxemburguês Pierre Gramegna para o cargo de diretor executivo do fundo de resgate da zona euro.

Ministro das Finanças diz que Governo retirou Portugal da “posição isolada” de terceiro país mais endividado

O ministro das Finanças afirmou que o desempenho do Governo em 2022 permitiu retirar Portugal da “posição isolada” de terceiro país mais endividado da Europa, sublinhando que isso representa um “ganho de credibilidade”.