Depois de adquirir quase 10% do Twitter, Elon Musk prepara-se para subir ao conselho de administração

As conversas e encontros entre o fundador da Tesla e o Twitter duram há várias semanas e acabaram mesmo por culminar na compra de quase 10% da empresa, ou 73,5 milhões de ações. 

Começou a desdenhar mas depois lá comprou e a sua rota ascendente vai levá-lo mais além. Elon Musk deve subir ao conselho de administração do Twitter depois de ter adquirido 9,2% da rede social, revela a “Reuters”.

Foi o próprio CEO do Twitter, Parag Agrawal, que realizou o anúncio na rede social, onde deu as boas-vindas ao multimilionário. “Estou entusiasmado por partilhar que vamos nomear Elon Musk para a administração!”, escreveu Agrawal no seu perfil.

De acordo com o CEO, que sucede ao fundador Jack Dorsey, as conversas e encontros com o fundador da Tesla duram há várias semanas e acabaram mesmo por culminar na compra de quase 10% da empresa, ou 73,5 milhões de ações.

“Ao longo de várias conversas com Elon nas últimas semanas, tornou-se claro para nós que ele iria trazer um excelente valor ao conselho. Ele é um adepto fervoroso e crítico intenso do nosso serviço, que mostra ser claramente aquilo que precisamos no Twitter e na nossa sala de reunião, para nos tornar mais fortes a longo prazo”, lê-se nos dois tweets.

A mensagem é clara: toda a equipa, ou pelo menos o CEO, acreditam que Elon Musk irá desempenhar um papel que irá permitir perceber os pontos positivos e negativos do serviço, bem como ir mais além. “Bem-vindo Elon!”.

Pertencendo agora ao conselho de administração, o dono da Tesla e da SpaceX não pode adquirir mais de 14,9% das ações da empresa, entrando em risco de não transparência. As mais de 73 milhões de ações são detidas por Musk através do Fundo Revogável Elon Musk, do qual é o único beneficiário.

Musk vai ocupar um cargo de diretoria na administração até 2024, altura em que se poderá desfazer dos títulos.

No pré-mercado, a empresa que detém a rede social sobe 9,55% para 54,74 dólares, depois de encerrar a sessão anterior com ganhos superiores a 27%. Ao dia de ontem, a empresa fundada por Dorsey subia 25% em pré-mercado.

Relacionadas

Depois de criticar o Twitter e admitir criar uma rede social concorrente, Musk adquire 9,2% da empresa (com áudio)

As ações da empresa dispararam mais de 25% em premarket. “Musk pode tentar adotar uma postura mais agressiva aqui no Twitter”, disse o analista da Wedbush, Dan Ives, à “CNBC”. “Isto pode levar, eventualmente, a algum tipo de compra. O que faz sentido dado o que Musk tem dito, pelo menos do ponto de vista da rede social”.

Empresas chinesas e Twitter, com Musk como acionista, destacam-se em Wall Street

A revisão jurídica que o regulador dos mercados chinês vai fazer para impedir a saída das empresas de Pequim da bolsa de Nova Iorque leva-as às subidas. A rede social Twitter dispara mais de 22% com a aquisição de uma posição de 9% por parte do CEO da Tesla.
Recomendadas

PremiumReunião “de paz” com a tutela não trava guerra com pilotos da TAP

Sindicato dos pilotos cancelou plenário polémico, após recusa da TAP. Pedro Nuno Santos tentou pacificar ímpetos grevistas, mas cenário de paralisação continua em cima da mesa.

Governo obriga gestores do Banco de Fomento a declarar rendimentos no TC

Fonte oficial do Ministério da Economia e do Mar esclarece ao Público que “mantêm-se em relação aos administradores as obrigações declarativas e, consequentemente, a entrega da declaração de rendimentos no Tribunal Constitucional”.

PremiumEndiama lança-se na refinação de ouro para ser ‘player’ de peso

O Grupo Endiama, através da Geoangol, vai avançar com a construção da Refinaria de Ouro de Luanda, localizada no Polo Industrial de Viana. Na próxima segunda-feira, 27 de junho, o ministro dos Recursos Minerais, Petróleo e Gás, Diamantino Azevedo, apresentará este projeto.
Comentários