Preço do petróleo em máximos, depois de “purga real” na Arábia Saudita

O Brent aumentou 0,80%, chegando a custar 62,55 dólares (cerca de 53,90 euros) por barril esta segunda-feira – o valor mais alto desde julho de 2015.

O petróleo atingiu um novo máximo dos últimos dois anos, depois de 11 príncipes da Arábia Saudita e dezenas de oficiais e homens de negócios terem sido presos pela nova comissão anticorrupção do país.

O Brent subiu 0,80%, chegando a custar 62,55 dólares (cerca de 53,90 euros) por barril esta segunda-feira – o valor mais alto desde julho de 2015 – quando existia uma crescente incerteza em Riade.

Entre os homens presos encontra-se o príncipe Alwaleed bin Talal, um dos homens mais ricos do mundo e um dos maiores investidor do Twitter, Citigroup e muitas outras empresas internacionais, noticia o Financial Times.

As detenções aconteceram algumas horas depois de o rei Salman da Arábia Saudita ter criado uma nova comissão anticorrupção, e nomeou o seu filho de 32 anos, o Príncipe Herdeiro Mohammed bin Salman, para liderar a comissão.  O aeroporto privado de Riade foi fechado para impedir que jatos privatos fossem usados para ajudar nas possíveis fuga.

O novo organismo tem o poder de emitir ordens de detenção e de proibição de viajar para o estrangeiro, além de poder congelar bens dos investigados e adotar outras medidas preventivas ainda antes de os casos chegarem a tribunal.

Príncipes, ministros e dezenas de ex-ministros sauditas detidos por corrupção

 

Relacionadas

Coligação liderada pela Arábia Saudita fecha ligações ao Iémen após míssil

O comunicado da coligação intensifica a tensão entre o reino sunita ultraconservador e o Irão, o seu rival xiita. Os dois países têm interesses no conflito iemenita.

Príncipes, ministros e dezenas de ex-ministros sauditas detidos por corrupção

Pelo menos 11 príncipes, quatro ministros e “dezenas” de ex-ministros foram detidos na Arábia Saudita por ordem de um comité anticorrupção criado horas antes pelo rei Salman bin Abdulaziz.

Arábia Saudita intercepta míssil balístico lançado contra a capital

A Arábia Saudita intercetou e destruiu hoje, a nordeste de Riade, perto do aeroporto internacional, um “míssil balístico” proveniente do Iémen, em guerra, indicaram responsáveis sauditas.
Recomendadas

Juros da dívida de Portugal caem a dois, a cinco e dez anos

Às 08:35 em Lisboa, os juros a dez anos baixavam para 2,823%, contra 2,916% na segunda-feira.

Assembleia Municipal do Porto aprova orçamento para 2023

O orçamento da Câmara do Porto para 2023, que contempla um aumento de 20,9% face a 2022, o equivalente a 66,8 milhões de euros, foi aprovado com os votos favoráveis dos eleitos do movimento independente “Aqui Há Porto”, do PSD e do Chega.

Topo da Agenda: o que não pode perder nos mercados e na economia esta terça-feira

Alemanha e Espanha arrancam com as divulgações da pressão de preços em novembro, embora em fases diferentes do fenómeno. Em ambos os casos, o impacto para a economia da moeda única será substancial, pelo que os investidores procurarão sinais sobre a política monetária europeia de médio-prazo.
Comentários