Depressão Elsa: Liberty disponibiliza linha exclusiva de apoio

A seguradora pretende facilitar aos clientes e agentes de seguros a comunicação de ocorrências, de forma a assegurar uma intervenção mais rápida.

Glenn Carstens-Peters on Unsplash

No contexto da passagem da depressão Elsa por vários distritos de Portugal, a Liberty deu início a um protocolo para intensificar o apoio aos seus segurados e disponibiliza uma linha exclusiva de atendimento aos clientes e parceiros de negócio para comunicação de ocorrências. “O objetivo é facilitar o contacto e assegurar uma intervenção mais rápida e eficiente, que permita aos clientes regressarem à normalidade o mais depressa possível”, reforça a seguradora, em comunicado.

Em caso de incidentes no contexto da depressão Elsa, os clientes e parceiros podem contactar a Liberty Seguros pelo número de telefone 808 500 110 ou por correio eletrónico através do e-mail sinistros.tempestades@libertyseguros.pt. Através destes canais, os clientes da seguradora poderão receber qualquer esclarecimento no âmbito das perdas ou estragos de bens, bem como obter mais informação sobre o apoio que está a ser prestado pela Liberty no terreno.

De acordo com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera, até à manhã do dia 21 de dezembro prevê-se um aumento da intensidade do vento em todo o continente, com rajadas até 95 km/h no litoral das regiões Norte e Centro e até 120 km/h nas terras altas, um aumento da altura significativa das ondas junto à costa, com ondas predominantemente de oeste com 4 a 7 metros, e precipitação persistente e por vezes forte. Os distritos de Viana do Castelo, Braga, Vila Real, Porto, Aveiro, Viseu Coimbra, Guarda e Castelo Branco são os que estão sob alerta vermelho, pois poderão ser mais afetados pelas más condições atmosféricas no âmbito da depressão Elsa.

 

Recomendadas

BNA levanta suspensão da participação no mercado cambial imposta ao Finibanco Angola

O Finibanco Angola tinha sido suspenso de participar no mercado cambial, por um período de 45 dias, pelo Banco Nacional de Angola (BNA), depois de o supervisor bancário angolano detectar incumprimentos durante uma inspecção pontual, em meados de agosto.

Banco de Portugal mantém a zero a exigência aos bancos de um “reserva contracíclica de fundos próprios”

O Banco de Portugal revelou o tradicional comunicado sobre a reserva contracíclica de fundos próprios, desta vez relativa ao 4.º trimestre de 2022. O supervisor vai manter a dispensa de constituição de reserva contracíclica para a banca no quatro trimestre deste ano, à semelhança do que sucedeu nos anteriores.

Merlin Properties compra sede do Novobanco na Avenida da Liberdade por 112 milhões

A informação do comprador foi confirmada pela entidade bancária esta sexta-feira em comunicado, depois de já ter avançado com o valor do negócio nas últimas semanas.
Comentários