Despesa do Governo Regional da Madeira aumenta 16,4% e receita sobe 10,4%

O passivo acumulado da Administração Pública Regional reportado ao final de março de 2022 ascendia a 134,7 milhões de euros, dos quais 53,7 % são respeitantes a obrigações do Governo Regional.

No mês de março deste ano a despesa efetiva do Governo Regional da Madeira aumentou 16,4%, comparativamente ao período homólogo de 2021. Já no que respeita à receita efetiva, esta registou uma subida de 10,4%.

Os dados constam no Boletim de Execução Orçamental do Governo Regional relativo ao mês de março, publicados no portal da Secretaria Regional das Finanças. “Do Boletim que agora se publica, o qual agrega a execução orçamental, até ao final de março de 2022, importa referir que o saldo global consolidado, em contabilidade pública, dos organismos com enquadramento no perímetro da Administração Pública Regional, é deficitário em 25,3 milhões de euros”, pode ler-se.

O aumento da receita efetiva deveu-se essencialmente à evolução da componente fiscal, que representa 14,2% da receita.

Já a subida da despesa reflete sobretudo o aumento dos encargos com os juros da dívida pública, decorrentes do final da suspensão do pagamento semestral dos juros decorrentes do empréstimo do Programa de Assistência Económica e Financeira (PAEF) e o aumento das Transferências de capital (30,2 milhões de euros), em grande parte destinadas ao Instituto de Desenvolvimento Empresarial (IDE) com vista a apoiar as micro, pequenas e médias empresas da Região afetadas pela pandemia da Covid-19.

O Governo Regional salienta que mais de metade da despesa (51,1% da despesa total), foi canalizada para a área social, onde se destaca o setor da Saúde com uma execução orçamental de 76 milhões de euros e a Educação com 80 milhões de euros.

O passivo acumulado da Administração Pública Regional reportado ao final de março de 2022 ascendia a 134,7 milhões de euros, dos quais 53,7 % são respeitantes a obrigações do Governo Regional. Até 31 de março, comparando com o período homólogo de 2021, a Região diminuiu os passivos em 19,6 milhões de euros.

Recomendadas

Universidade da Madeira acolhe evento sobre empreendedorismo no ensino superior das regiões ultraperiféricas

O projeto INCORE tem duração de dois anos e é financiado pela União Europeia, através do European Institute of Innovation & Technology (EIT), no valor de um milhão e duzentos mil euros.

Madeira soma 41 acidentes de viação numa semana

Estes acidentes resultaram em dois feridos graves, um na Ribeira Brava e outro em Santa Cruz.

Câmara do Funchal: Instalação de 15 colmeias para projeto de apicultura já recolheu 60 quilos de mel

A autarquia refere que o objetivo do projeto passa por “contribuir para o fomento da biodiversidade do Parque Ecológico, para a preservação da abelha e para a divulgação da atividade como referência para a sustentabilidade dos ecossistemas florestais”.
Comentários