Despesa pública com SNS cresce 6% até novembro à boleia dos gastos com pessoal e do investimento público

Os dados da execução orçamental até novembro revelam um aumento da despesa consistente com o esforço de resposta à pandemia, que tem levado a um aumento significativo dos profissionais no SNS.

A despesa com o Serviço Nacional de Saúde (SNS) acelerou até novembro, tendo crescido 6% até este mês, um valor acima do inicialmente orçamentado. A informação consta dos dados antecipados por uma fonte oficial do Ministério das Finanças ao Jornal Económico.

Este crescimento traduz-se, em termos absolutos, num acréscimo de 578 milhões de euros na despesa em saúde, motivados em grande parte pela resposta à pandemia de Covid-19, que tem obrigado a um aumento de gastos no sector.

Em particular, o aumento na rubrica ‘Despesa com Pessoal’ reflete bem esta necessidade, com mais 7.893 profissionais de saúde a elevarem este valor em 237 milhões de euros, ou mais 5,9%, do que o verificado em igual período do ano passado.

Por outro lado, verificou-se também um aumento no investimento público significativo que contribui para o aumento da despesa registado. O SNS viu o investimento crescer 96,1%, ou 242,4 milhões de euros, até novembro, um valor apontado pelo Ministério das Finanças como um recorde histórico.

Recomendadas

PremiumEUA dão segundo maior contributo nas exportações portuguesas à boleia do dólar

A importância dos EUA como importador a Portugal reforça-se com um dólar mais forte, mas as compras energéticas, cifradas em dólares, e a desaceleração da economia global contrariam a rota de crescimento do mercado americano.

JE Podcast: Ouça aqui as notícias mais importantes desta sexta-feira

Da economia à política, das empresas aos mercados, ouça aqui as principais notícias que marcam o dia informativo desta sexta-feira.

Mudança ‘online’ para todas as empresas no mercado regulado de gás já é possível

A Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE) anunciou hoje uma atualização ao guia para mudar para o mercado regulado de gás natural, com os ‘links’ para a contratação eletrónica de todos os comercializadores naquele mercado.
Comentários