Deutsche Bank pede aos funcionários para reduzirem viagens

O diretor financeiro do banco alemão, James von Moltke, pretende atingir os objetivos de redução de custos.

O Chief Financial Officer (CFO) do Deutsche Bank pretende continuar a reduzir os custos operacionais do banco e pediu aos funcionários para restringirem o número de viagens que marcam em nome da empresa.

O diretor financeiro do banco alemão, através de um memorando enviado aos colaboradores, solicitou que o staff aproveitasse “todas as oportunidades para restringir viagens não essenciais” até o final deste ano.

Na nota assinada por James von Moltke, divulgada esta segunda-feira pela agência “Bloomberg”, pode ler-se ainda: “Com a sua ajuda, cumpriremos as nossas metas de redução de custos”. O Deutsche Bank refere-se, nomeadamente, a bilhetes em primeira classe.

No último trimestre, as despesas gerais e administrativas da entidade bancária, nas quais estão incluídas as viagens, caíram 6% em relação ao ano anterior, o que corresponde a um mínimo de, pelo menos, quatro anos.

Na bolsa de Frankfurt, as ações do Deutsche Bank encerraram com uma valorização de 0,09%, para 9,767 euros.

Cortes de custos no Deutsche Bank chegam até à fruta dos funcionários

Relacionadas

Deutsche Bank vai aportar capital à banca de investimento

O Chief Executive Christian Sewing disse numa conferência de analistas, citado pela Reuters, que o banco iria reconstruir o seu pipeline em negócios de renda fixa e moedas (FIC). “Temos capital disponível”, disse.

Deutsche Bank estará a estudar fusão com o Commerzbank

Paul Achleitner, presidente do conselho de supervisão do banco alemão, terá discutido o acordo entre os dois credores com investidores e importantes autoridades do governo alemão nos últimos meses.
Recomendadas

Morgan Stanley avança com corte de 1.600 empregos

A redução de quadros, dada em primeira-mão pela “CNBC”, afetou cerca de 1.600 dos 81.567 empregados da instituição financeira e tocou a quase todos os cantos do banco de investimento global. O banco está a seguir os seus concorrentes no restabelecimento de um ritual suspenso durante a pandemia: a saída anual de pessoas com fraco desempenho.

BPI Gestão de Ativos pontua em indicador de investimento das Nações Unidas

A organização Princípios para o Investimento Responsável atribuiu à gestora a classificação de cinco estrelas em Investimento e Política de Envolvimento.

Haitong faz aumento de capital de 15,9 milhões para converter DTA

Em consequência, o capital social do banco de investimento passa a ser no montante de 863,3 milhões de euros.
Comentários