Deutsche Bank vai pagar 7,2 mil milhões aos EUA, cerca de metade da multa inicial

O acordo com as autoridades norte-americanas vem levantar uma nuvem que ensombrou o banco alemão este ano.

O Deutsche Bank chegou a acordo para pagar 7,2 mil milhões de euros às autoridades  norte-americanas e encerrar a investigação sobre a venda inaproriada de activos garantidos por hipotecas, um valor que representa cerca de metade do inicialmente exigido pelo Departamento de Justiça.

O acordo põe fim a um escândalo que ensombrou o banco alemão este ano, levantando mesmo a hipótese de um resgate público, provocou a ira dos acionistas e pesou no título. As ações do banco alemão sobem hoje 2,82%, mas acumulam um tombo de quase 19% este ano.

O Deutsche vai pagar um multa civil de 3,1 mil milhões de dólares, e 4,1 mil milhões de forma gradual a um fundo de apoio ao consumidor. A multa terá um impacto de 1,2 mil milhões de dólares no lucro, antes de impostos, deste trimestre, com o restante a ser obtido das reservas do banco, mas o alívio dado aos consumidores poderá pesar nas contas por vários anos.

O acordo “poderá ajudar no curto prazo porque resolve uma fonte importante de incerteza”, disse Michael Huenseler, um investidor na Assenagon Asset Management, que detém cerca de 0,8% das ações do banco, à Bloomberg. “Mas ainda assim, o valor é mais alto que muitos esperavam e vai pesar na rentabilidade a longo prazo”.

O Credit Suisse também anunciou que chegou a acordo com as autoridades americanas, e vai pagar 5,28 mil milhões de dólares, com a administração de Barack Obama a acelerar a finalização das investigações aos bancos que criaram e venderam os produtos ‘subprime’ que conduziram à crise financeira de 2008.

Relacionadas

PSI 20 sobe em Europa animada por acordo do Deutsche Bank sobre multa nos EUA

Banco alemão chegou a acordo com as autoridades dos EUA para pagar cerca de metade da multa de 14 mil milhões de dólares.

Deutsche Bank paga multa de 37 milhões de dólares aos EUA por corretagem irregular

As autoridades dos Estados Unidos multaram o Deutsche Bank em 35 milhõesde euros por causa de falhas na sua plataforma de negociação ‘dark-pool’.

Apanhados a manipular a Euribor: Crédit Agricole, HSBC e JPMorgan multados

Estas três entidades decidiram não entrar em acordo para concluir a investigação, caminho seguido pelo Barclays, Deutsche Bank, RBS e Société Générale.
Recomendadas

PremiumMontepio suspende projeto para retirar 700 milhões de malparado

Chama-se “Projeto Douro” e pretendia retirar do balanço do banco entre 600 a 700 milhões de imóveis e crédito malparado a grandes empresas. Mas o processo está parado e sem data de retoma.

Laginha de Sousa defende a tributação do carbono para alinhar os incentivos privados com os objetivos sociais

Numa intervenção nas ESG Talks, o ainda administrador do Banco de Portugal e futuro presidente da CMVM, Luís Laginha de Sousa, citou um estudo recente da consultora McKinsey, que constata que mais de 90% das empresas do S&P 500 publicam atualmente algum tipo de relatório sobre sustentabilidade ESG. 

Fundação Santander lança mil bolsas para curso de negócios digitais

A Fundação Santander lançou mil bolsas que dão acesso ao curso Digital Business Development do Técnico+ Formação Avançada, unidade de pós-graduação do Instituto Superior Técnico.
Comentários