Dezembro frio chama o ‘urso’ a Wall Street

No fecho da quarta sessão da semana, S&P 500 caiu 1,60%, para 2.466,76 pontos; o Nasdaq desvalorizou 1,57% para 6.243,19 pontos; e o Dow Jones tombou 2,03%, para 22.850,72 pontos.

Reuters

volatilidade tomou conta da bolsa de Nova Iorque depois da decisão da Reserva Federal norte-americana (Fed) em subir as taxas de juros para 2,5%. O possível shutdown do governo norte-americano aumentou o receio dos investidores, num momento em que também o preço do petróleo cai a pique.

No fecho da quarta sessão da semana,  S&P 500 caiu 1,60%, para 2.466,76 pontos; o Nasdaq desvalorizou 1,57% para 6.243,19 pontos; e o Dow Jones tombou 2,03%, para 22.850,72 pontos. Durante a sessão, o S&P chegou a cair para mínimos dos últimos 16 mees, enquanto o Nasdaq já desvalorizou mais de 10% neste mês, estando agora a ouvir o ‘grunhir do urso’ a uma curta distância.

Entre as tecnológicas, só as FAANG caíram, no seu conjunto, mais de 3%. O grupo já desvalorizou 25% depois dos últimos máximos. Nas redes sociais, o Twitter registou a maior queda desde julho, ao afundar 13% nesta sessão

Os investidores reagiram mal ao rumo da política monetária da Fed para o próximo ano, que prevê duas subidas da taxas de juro, acompanhando o arrefecimento da economia norte-americana. A este respeito, a Bloomberg fala numa “política errada”.

Mas as atenções centraram-se no possível no presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que requereu mais fundos ao Congresso para financiar o muro que separa as fronteiras dos EUA e o México.

Nas matérias-primas, o petróleo está hoje em queda livre, com os dois principais índices a registarem perdas acima dos 4%. O barril WTI está a negociar nos 46,15 dólares, depois de desvalorizar 4,19%. Por sua vez, o Brent, que está a perder 4,49%, negoceia nos 54,67 dólares.

(atualizada)

 

Recomendadas

BCP cai 5% e arrasta Bolsa de Lisboa para terreno negativo numa Europa mista

“O índice nacional esteve pressionado pela queda de 5% do BCP, numa sessão onde o setor Bancário demonstrou a pior performance na Europa”, escreveu o analista do Millennium BCP, Ramiro Loureiro, na sua análise de fecho de mercados.

CMVM publica cinco decisões de contraordenação, incluindo a coima de 75 mil euros à Orey Antunes

Na base das decisões da CMVM estão três processos por violação de deveres de atuação dos auditores. O processo contra a Orey Antunes por não ter divulgado os documentos de prestação de contas anuais e um processo por violação de deveres dos intermediários financeiros.

Wall Street abre a terceira sessão da semana com perdas ligeiras

A Lyft, concorrente da Uber, é um dos títulos em destaque, depois de anunciar que congelou todas as contratações nos Estados Unidos até ao final do ano, no âmbito de um corte de custos para controlar o impacto da inflação. As ações da plataforma de transporte reagem pela positiva.
Comentários