Dia de Portugal vai ser comemorado no Peso da Régua e na África do Sul

Peso da Água e África do Sul estarão em destaque nas comemorações deste ano do 10 junho, anunciou este sábado Marcelo Rebelo de Sousa.

Rodrigo Antunes/Lusa

O Presidente da República decidiu que o Peso da Régua, em Vila Real, será este ano a sede das comemoração do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses, “estendendo-se as celebrações às comunidades portuguesas na África do Sul”.

Segundo é salientado numa nota publicada no site da Presidência, o Douro foi designado como Capital Europeia do Vinho em 2023, tendo sido a cidade do Peso da Régua a promotora desta iniciativa de âmbito regional, que integra os 19 munícipios da Comunidade Intermunicipal do Douro e que prevê numerosas iniciativas de promoção da região ao longo do ano.

“Neste contexto, o Presidente da República resolveu designar o Peso da Régua como sede, no ano de 2023, das Comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas”, foi anunciado este sábado.

Para a organização desta comemorações, foi ainda constituída uma comissão, cuja liderança está a cargo de João Nicolau de Almeida, “um dos grandes enólogos do Douro”, destaca o comunicado do Chefe de Estado.

Além deste, a comissão integra ainda o Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas, a Secretária-Geral da Presidência da República e o Chefe do Protocolo do Estado.

De notar que as comemorações do 10 de junho chegaram a estar previstas para a África do Sul em 2020, em conjunto com a Madeira, mas a crise pandémica levou Marcelo Rebelo de Sousa a alterar os planos. Em alternativa, a data foi assinalada em Lisboa, no Mosteiro dos Jerónimos.

Recomendadas

Imposto sobre bebidas açucaradas rendeu 367 milhões de euros entre 2017 e 2022 (com áudio)

No dia em que faz seis anos que este imposto entrou em vigor, a designada “taxa coca-cola” foi responsável por uma quebra de 38% nas vendas de bebidas açucaradas.
Foto: DR

Professores e educadores paralisam no distrito de Santarém (com áudio)

A greve nacional com incidência distrital, convocada por nove organizações sindicais, chega esta quarta-feira, 1 de fevereiro, a Santarém, para onde a meio da manhã confluem todos os docentes do distrito em greve.

Vinte e um municípios com 6,9 milhões de euros para recuperar áreas ardidas

O Instituto de Conservação da Natureza (ICNF) e 21 municípios assinam na quarta-feira, em Murça, distrito de Vila Real, contratos-programa para recuperação de áreas ardidas no valor de 6,9 milhões de euros.
Comentários