Dicas para poupança. Eficiência nas TV e computadores

Melhorar a eficiência energética em Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) é o objetivo do programa Polo Positivo. Concebido no âmbito do Plano de Promoção e Eficiência no Consumo de Energia Elétrica 2013-2014, o Polo Positivo abrange várias IPSS espalhadas por todo o país que, no final do ano, irão ver reduzido o valor da […]


Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 1 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Notice: Undefined offset: 2 in /var/www/vhosts/jornaleconomico.pt/httpdocs/wp-includes/media.php on line 1031

Melhorar a eficiência energética em Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS) é o objetivo do programa Polo Positivo. Concebido no âmbito do Plano de Promoção e Eficiência no Consumo de Energia Elétrica 2013-2014, o Polo Positivo abrange várias IPSS espalhadas por todo o país que, no final do ano, irão ver reduzido o valor da sua fatura de eletricidade. Siga os conselhos e informações úteis deste programa e poupe na sua fatura da eletricidade também.

Equipamentos audiovisuais e informáticos
A existência de televisores, computadores, impressoras e similares é um dos vetores de consumo mais comuns. Tal como acontece com os frigoríficos, a potência unitária destes aparelhos é pequena, mas a sua utilização tende a ser constante, tornando-os responsáveis por um consumo importante de energia.
Nos audiovisuais, a tendência atual vai no sentido de um aumento da procura de aparelhos de ecrã cada vez maior e com mais potência, embora tenham também surgido soluções tecnológicas com consumos específicos mais baixos, como as televisões LED. Os televisores já têm etiqueta energética, pelo que na aquisição de novos equipamentos, isso deve ser tomado em consideração.
Outro progresso é a expansão das “tv box” (descodificador de sinal por cabo), cujo funcionamento está naturalmente associado às televisões e que ficam muitas vezes ligadas para além do funcionamento destas.
O ecrã do computador é, normalmente, o componente que mais energia consome e quanto maior for, mais energia consumirá. Os ecrãs LCD estão normalmente entre os mais eficientes no mercado, alguns gastando menos de 10 kWh de energia elétrica por ano.

Tenha em atenção as seguintes dicas para poupar energia na utilização dos equipamentos audiovisuais e informáticos:

• Não deixar os equipamentos em modo de stand-by. Desligue-os completamente sempre que estes não estejam em funcionamento;

• Adquira equipamentos com sistemas de poupança de energia e desligue-os completamente nos casos em que a ausência é superior a 30 minutos;

• Opte por adquirir equipamentos que imprimam dos 2 lados do papel;

• Quando utilizar o computador por períodos curtos, desligue somente o ecrã;

• Adquira ecrãs LCD por estes conseguirem em média poupar cerca de 37% de energia em funcionamento e cerca de 40% em modo de espera.

• A proteção do ecrã que mais energia poupa é a totalmente negra.

• Ligue vários equipamentos informáticos e/ou audiovisuais a uma ficha múltipla com botão on/off. Ao desligar este botão, desliga-se também automaticamente todos os aparelhos, poupando energia.

OJE/Polo Positivo


 

Outras dicas

Diagnóstico

Mudança de comportamentos

Televisões e computadores

Gestão de água quente sanitária

caldeiras e radiadores de parede

Poupança energética na climatização/

Pequenos Eletrodomésticos

Equipamento de lavagem doméstica

Etiqueta energética

A iluminação

O edifício e envolvente

Recomendadas

PremiumEUA e zona euro vão ter uma “aterragem dura” na pista da recessão no próximo ano

A subida das taxas de juro para controlar a inflação vai ter forte impacto na economia em 2023. Alemanha afunda acima da média, com China a crescer acima do previsto.

PremiumJoão Caiado Guerreiro: “Os vistos gold têm sido extremamente positivos para o país”

Área de Imigração deverá continuar a ser das mais dinâmicas da Caiado Guerreiro, apesar do anunciado fim dos vistos ‘gold’. Processo para cobrar cinco milhões de euros em honorários à Pharol vai a julgamento em fevereiro.

Custo de cabaz alimentar de bens básicos aumentou 21% para adultos num ano, diz BdP

O banco central revela que entre outubro de 2021 e outubro de 2022, o custo mensal médio e mediano de um cabaz básico de consumo alimentar para um adulto com cerca de 40 anos aumentou 21% e 24%, respetivamente.