Dicas para poupança. Energias renováveis

A adoção de comportamentos e práticas mais eficientes no consumo de recursos energéticos está também ao seu alcance. O programa Polo Positivo, dirigido a Instituições Particulares de Solidariedade Social, reúne um conjunto de informações úteis sobre como tornar-se mais eficiente e eficaz na gestão da energia utilizada. Siga as sugestões do programa Polo Positivo e […]

A adoção de comportamentos e práticas mais eficientes no consumo de recursos energéticos está também ao seu alcance.

O programa Polo Positivo, dirigido a Instituições Particulares de Solidariedade Social, reúne um conjunto de informações úteis sobre como tornar-se mais eficiente e eficaz na gestão da energia utilizada. Siga as sugestões do programa Polo Positivo e veja reduzido o valor da sua fatura de eletricidade.

Energias renováveis

Face à dependência que Portugal tem de combustíveis fósseis importados, existe uma natural preocupação em fazer uso extensivo das fontes renováveis de energia que dispomos para, em conjugação com uma maior eficiência energética no consumo, melhorarmos a nossa segurança de abastecimento.

A viabilidade técnica, económica e a adequabilidade prática de qualquer solução deve ser sempre cuidadosamente verificadas antes da sua instalação. Tal como os sistemas que usam energia convencional, também os equipamentos de aproveitamento de fontes renováveis carecem de uma gestão e manutenção cuidadas. Um funcionamento eficiente irá certamente proporcionar poupanças significativas.

Dicas

Verifique a existência de cobertura ou zonas próximas do edifício onde exista área disponível capaz de albergar um sistema solar – térmico ou fotovoltaico – e confirme se é possível orientar o mesmo no quadrante Sul;

A integração dos coletores solares com o sistema convencional de produção de água quente pode ter vantagens na redução dos custos de investimento e proporciona a redundância necessária para ter água quente mesmo quando não haja sol suficiente;

Os painéis fotovoltaicos atualmente mais comercializados são compostos por conjuntos de células de silício monocristalino ou policristalino, ligadas em paralelo ou em série, e com rendimentos que variam entre os 10 e 13%;

A instalação de um sistema solar fotovoltaico para autoconsumo está facilitada pela legislação. Os sistemas que tenham uma potência até 1,5 kW não necessitam de contador, o que reduz os custos da instalação;

A instalação de coletores solares e equipamentos fotovoltaicos pode integrar o próprio edifício, quer na cobertura ou terraço, no solo em redor do edifício ou mesmo nas paredes verticais, evitando zonas de sombra. No caso dos painéis fotovoltaicos, a existência de uma sombra, mesmo que pequena ou parcial, reduz o fluxo normal de corrente elétrica e, consequentemente, a quantidade de energia produzida.

OJE/Polo Positivo


Outras dicas

Diagnóstico

Mudança de comportamentos

Televisões e computadores

Gestão de água quente sanitária

caldeiras e radiadores de parede

Poupança energética na climatização/

Pequenos Eletrodomésticos

Equipamento de lavagem doméstica

Etiqueta energética

A iluminação

O edifício e envolvente

Recomendadas

Vieira da Silva desaconselha mudança da lei das pensões. “É mais sensato suspender”

Para o ex-ministro Vieira da Silva, seria mais sensato suspender a lei da atualização das pensões, não sendo este o momento para proceder a alterações à fórmula legal.

Médicos dão prazo de duas semanas para Ministério da Saúde marcar reunião

“Já fizemos seguir o pedido de reunião ao senhor ministro [da Saúde, Manuel Pizarro] e solicitámos que essa reunião se desenvolva com a celeridade que deve e estabelecemos um limite para nas próximas duas semanas sermos convocados para essa reunião”, adiantou Noel Carrilho.

Número de trabalhadores em layoff clássico cai 6% em agosto

Os empregadores recorreram menos ao layoff clássico em agosto do que no mês anterior. Caiu 6% o número de trabalhadores abrangidos.