Diogo Goes integra três comités científicos internacionais e está incluído em três exposições

O investigador integra também a equipa de revisores científicos da revista Cultural Arts Research and Development, editada pela Japan Bilingual Publishing, no Japão.

O investigador e diretor do Departamento de Ciências Humanas e Sociais do ISAL, Diogo Goes, está integrado em três comités científicos internacionais, e está presente em três exposições.

Diogo Goes faz parte da ECMLG 2022 – European Conference on Management, Leadership and Governance, organizada pelo ISCTE, Lisboa, integra o 3º Congresso Ibero-Americano de Compliance, Governança e Anticorrupção – CIACGA 2022, organizada pelo Instituto Ibero-americano de Compliance (Brasil) e Universidade Lusófona, Porto, e está incluído na  ICMTT´23 – The 2023 International Conference on Management, Tourism and Technologies, organizada pela Universidad Distrital Francisco José Caldas, em Bogotá, Colômbia.

A isto junta-se a integração na equipa de revisores científicos da revista Cultural Arts Research and Development, editada pela Japan Bilingual Publishing, no Japão.

O também artista plástico, neste quadrimestre, integra três exposições.

Uma delas é as ‘Histórias da Ajudaris’2022’, uma iniciativa da Associação de Solidariedade Social Ajudaris, sediada na cidade do Porto.

A iniciativa reúne textos da autoria de várias centenas de crianças, oriundas de escolas de todo o país. Diogo Goes ilustra os textos “Poema da Água” e “Percurso”, da autoria de discentes da educação pré-escolar da Escola EB1-PE dos Fidalguinhos (Agrupamento de Escolas de Álvaro Velho, Barreiro) e do 5º ano do Externato Champagnat (Lisboa).

No âmbito desta iniciativa está prevista a realização de uma exposição itinerante por várias escolas, bibliotecas e museus de todo o país.

Diogo Goes estará presente na mostra coletiva “Mail Art 4 seniors”, uma iniciativa feita em co-autoria com utentes seniores da Casa de São José, em Câmara de Lobos, na oficina de “Mail Art”, uma disciplina ministrada, por Diogo Goes, nesta instituição, ao longo de agosto.

A iniciativa conta também com a participação de uma dezena de artistas internacionais, de sete países: Anni Jokinen (Finlândia), Behnaz Fazelian (Irão), Chara Polycarpou (Chipre), Chiara Bagnasco e Loredana Tobia (Itália), Karatsioli Marina (Chipre), Laura Saarivuori-Eskola (Finlândia), Mindaugas Zuromskas (Lituânia), Sirpa Mörsky (Finlândia), Vassilis Karkatselis (Grécia), entre outros.

A mostra será inaugurada a 8 de setembro, pelas 11h30, na Biblioteca Municipal de Câmara de Lobos.

Já a exposição individual de Diogo Goes “Petit-déjeuner”, que está disponível desde abril, no Rubi Restaurant, situado na Rua Nova do Vale da Ajuda (Funchal), será prolongada até novembro.

Em novembro esta mostra dará lugar a outra, da autoria de Diogo Goes, ligada à temática da Natividade.

A mostra reúne oito obras de desenho, de grandes e médios formatos da série “Caprichos de Goes” explora “algumas temáticas mitológicas, o “Rapto da Sabinas”, o “Rapto da Europa”, o “Voo de Ícaro” e outras mitografias como a “Passarola” de Bartolomeu de Gusmão e as danças sátiras de Goya e Paula Rego”, diz Diogo Goes.

“Os discursos desta exposição, colocam como hipótese, uma crítica à arte burguesa, questionando o sentido democrático do lugar público e o quotidiano do consumo doméstico”, refere o artista plástico.

Recomendadas

Madeira: Marta Freitas volta a representar PS no Conselho Consultivo sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência

Marta Freitas, que já havia assumido esta posição no mandato anterior, foi agora reconduzida pelo Grupo Parlamentar Socialista, tendo tomado posse esta segunda-feira.

Saiba em que consiste a etiqueta energética e a sua importância na compra de equipamentos elétricos

A nova etiqueta energética já é uma realidade no nosso mercado. Os consumidores precisam de conhecer esta ferramenta, útil e intuitiva, para escolher os seus eletrodomésticos de forma esclarecida e eficiente.

Serviço Regional de Proteção Civil da Madeira celebra novo protocolo com a Escola Nacional de Bombeiros

O protocolo é válido por tempo indeterminado, permitindo ainda o intercâmbio entre formandos e formadores do SRPC e da ENB, em várias áreas formativas.
Comentários