Disney está prestes a comprar parte da 21st Century Fox

O negócio está avaliado em cerca de 60 mil milhões de euros (cerca de 51 mil milhões de euros) e compreende os ativos de entretenimento do grupo de comunicação social norte-americano.

Benoit Tessier/REUTERS

A Walt Disney Company deve fechar a aquisição de parte do grupo de comunicação social norte-americano 21st Century Fox até quinta-feira. O negócio está avaliado em cerca de 60 mil milhões de dólares (cerca de 51 mil milhões de euros) e compreende os ativos de entretenimento da Century Fox.

A venda deverá incluir o estúdio de cinema 20th Century Fox e as emissoras de satélites Sky e Star no Reino Unido, na Europa e na Ásia. De acordo com o Financial Times, ontem, 12 de dezembro, ainda decorriam negociações sobre a transação.

Segundo fontes ligadas ao processo de compra, citadas pela CNBC, a Fox e a Disney estavam a “caminho” de anunciar a conclusão da compra amanhã. O acordo entre os dois gigantes tecnológicos há está a ser analisado pela Autoridade de Comércio e Mercados do Reino Unido, que deverá publicar as suas avaliações provisórias no próximo mês de janeiro.

As ações da Disney subiram 0,5% na bolsa de Nova Iorque esta terça-feira, valorizando a empresa em 162 mil milhões de dólares (aproximadamente 138 mil milhões de euros), enquanto os títulos da 21st Century Fox subiram 1%, avaliando o grupo de media em 62,6 mil milhões de dólares (perto de 53 mil milhões de euros).

Relacionadas

Boicote da Walt Disney a jornal de Los Angeles gera polémica

Os críticos de cinema de Los Angeles, Nova Iorque e Boston denunciaram hoje um boicote da Walt Disney ao Los Angeles Times e decidiram impedir a classificação dos filmes da Disney para futuros prémios, até a companhia se retratar publicamente.

Disney termina acordo de distribuição com Netflix

A Disney terminará o acordo de distribuição de conteúdos que a liga à Netflix em 2019 e vai lançar dois serviços de streaming: desporto e filmes para a família. Em análise está a criação de serviços idênticos exclusivos para os conteúdos Marvel e Star Wars.
Recomendadas

Vodafone. Quatro anos depois e com ações a valerem menos 40%, Nick Read renuncia ao cargo de CEO

A atual diretora financeira, Margherita Della Valle será CEO interina, avança a “Reuters”. As ações da empresa subiram 1,6% no pre-market em resposta ao anúncio.

Acionistas da Corticeira Amorim votam hoje contas até setembro e e dividendo de 9 cêntimos

Os acionistas da Corticeira Amorim votam hoje, em assembleia geral, as contas individuais dos primeiros nove meses do ano e a distribuição de um dividendo bruto de nove cêntimos por ação.

Efacec. Novos candidatos devem manifestar interesse até hoje

Os potenciais candidatos à reprivatização da Efacec devem enviar as manifestações de interesse à Parpública até às 17h00 de hoje, segundo um anúncio publicado na imprensa na semana passada, após o fracasso da venda da empresa ao grupo DST.
Comentários