O que dizem os jornais, esta terça-feira?

Conheça os principais títulos do dia.

Hoje, 21 de dezembro, na capa do Diário de Notícias: “Governo concessiona a privados 30 edifícios históricos”. O jornal diz ainda que “Regras de controlo de desempregados criam dúvidas constitucionais”.

Público faz manchete com a notícia de que “Lista de doentes com cancro avança à revelia da Proteção de Dados”. Na mesma edição, destaque para George Michael, “um ícone transversal”.

Jornal de Negócios escreve: “Esquerda volta à carga com mais férias”; “Privados que explorem monumentos no Interior vão ter benefícios”; “PS e PCP são os que mais gastam em pessoal”.

No Correio da Manhã: “Chineses levam 669 milhões da Luz”; “Comissário da TAP morre com malária”; “Saiba o que ainda fazer para pagar menos IRS”.

Jornal de Notícias revela: “Preço dos combustíveis sobe há cinco semanas”. O diário escreve também sobre as novas regras na estrada: “Acidentes nas rotundas aumentam conflitos com seguradoras”.

O jornal I dá hoje enfoque a “Augusto Santos Silva apanhado a comparar concertação social a uma feira de gado”. O matutino faz também capa com “A fé está cada vez mais tecnológica”.

 

Recomendadas

Media Capital. Sai Nuno Santana e entra Miguel Osório Araújo

Nuno Santana mantém-se acionista minoritário do grupo. Miguel Osório regressa assim ao Grupo Media Capital, onde já desempenhou funções de administrador.

SNS: Um ministro e um CEO entram numa sala de operações. Ouça o podcast “Maquiavel para Principiantes” de Rui Calafate

“Maquiavel para Principiantes”, o podcast semanal do JE da autoria do especialista em comunicação e cronista do “Jornal Económico”, Rui Calafate, pode ser ouvido em plataformas multimédia como Apple Podcasts e Spotify.

Impresa passa a designar dois vice-presidentes. Horta Osório é um deles

A reunião magna extraordinária, convocada pelo conselho de administração, tinha dois pontos na ordem de trabalhos, entre os quais a alteração do artigo que permite que Horta Osório passe a ter o cargo de vice-presidente da dona da SIC.
Comentários